DEU NO JORNAL

O ministro do STF (Supremo Tribunal Federal) Gilmar Mendes disse que não se surpreenderia se os procuradores da Operação Lava Jato em Curitiba tivessem aberto uma conta em seu nome, na Suíça.

O magistrado deu a declaração à reportagem do UOL na última segunda-feira, ao comentar reportagem do jornal El País e do site The Intercept Brasil, que afirma que os investigadores buscaram informações sobre ele visando pedir sua suspeição e até seu impeachment.

Ao UOL, o ministro disse que, ao tomar a atitude, os investigadores se encontram “no mesmo patamar ético de verdadeiros criminosos”.

“A mim não me surpreenderia se eles tivessem aberto uma conta em meu nome na Suiça.”

* * *

Eu tenho a mesma preocupação do Ministro Gilmar Mendes.

Aquele que tem assento numa instituição presidida por Dias Petista Toffoli e que se senta ao lado de Ricardo Lewandowski.

Também vivo apreensivo com a possibilidade de algum inimigo meu, pra me lascar e me incriminar, abrir uma conta em meu nome na Suiça.

Uma conta com milhões de dólares.

Não consigo nem dormir pensando nisso.

Estou solidário com o Ministro Boca-de-Buceta e entendo perfeitamente a preocupação dele.

Deixe uma resposta