A PALAVRA DO EDITOR

Hoje, 9 de junho, é dia de celebração em Palmares, quando se comemoram os 145 anos de emancipação da minha querida cidade.

Meu berço, meu recanto, meu chão, e também a terra onde está ambientada toda a minha obra de ficção.

Aconteceram eventos durante a semana, que terminam hoje  com muita festa e celebrações neste recanto de mundo que é conhecido como A Terra dos Poetas.

Durante as comemorações, para minha grande alegria, fui tema de uma palestra proferida por Luiz Alberto Machado, radialista, pesquisador e estudioso da cultura palmarense.

Fiquei ancho que só!

E agradeço do fundo do coração a gentileza dos meus queridos conterrâneos.

Fecho a postagem com o Hino de Palmares, uma belíssima composição da autoria de Milton Souto, interpretada por vários artistas da terra

Prestem atenção na beleza da letra.

13 pensou em “O DIA DE PALMARES

  1. Bendita terra dos Palmares, onde Nasceu Luiz Berto Filho.. grande escritor ficcionista. Com sua literatura mágica, levou Palmares para o mundo extraordinário da literatura e mantendo assim o engrandecimento e o respeito dessa região tão sofrida e ao mesmo tempo tão rica de história e personagens populares de fazer inveja a qualquer País do mundo. E você meu amigo superou Hermilo, como romancista. Não é atoa que você ganhou dois grande prêmios de literatura brasileira. E viagem Internacional por conta da sua genial criação literária. viva a Palmares!!! viva a Luiz Berto Filho. Palmares te Agradece.

  2. Texto arretado papai.
    O Sr merece todas as homenagens. Cidadão palmerence ilustríssimo.

    Palmares faz parte das minhas lembranças das férias quando criança e adolescente.
    Me faz lembrar muito de meu meu voinho Luiz Berto e minha voinha Quitérinha.
    Me remete à sua obra literária.

    Parabéns Palmares!!!!

    Te amo paizinho.

  3. Berto, você merece!

    É um brasileiro que ama seu país, sua terra, seu chão.

    Nunca precisou de sair do seu torrão natal para propagar sua cultura, está tudo imersa em sua obra, materializada nas manifestações de seus personagens, que são tão ricos quanto os de Jorge Amado, o eterno ex comunista.

    Parabéns pela homenagem.

  4. Sou nova nesta gazeta e velha no viver. Tenho 75 e amo de paixão o JBF onde muito me divirto todos os dias e onde encontrei meus dois amores: Sancho e José Roberto (JP)
    Beijão, Berto
    Sou sua mais nova velha fanzoca

  5. Parabéns pela merecida homenagem que lhe foi prestada por Palmares, querido Berto!
    Um filho ilustre como você merece todas as homenagens!
    Grande abraço!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *