DEU NO JORNAL

O apartamento do ex-presidente do STJ Cesar Asfor Rocha em Fortaleza é alvo de buscas da Lava Jato de São Paulo.

Antonio Palocci acusou-o de ter recebido 5 milhões de reais do esquema da Camargo Corrêa que conseguiu anular a Castelo de Areia.

* * *

Que absurdo!

Como disse o colunista fubânico Goiano, isto é uma “tentativa de desmanche do Poder Judiciário“.

Vasculhar o apartamento de um magistrado impoluto é uma coisa horrorosa.

É um tremendo desmanche.

Deixe uma resposta