DALINHA CATUNDA - EU ACHO É POUCO!

Encantei-me com conversa
De bico de beija-flor
Minha ode hoje versa
Sobre esse sublime amor.

Sobre esse sublime amor
Pelo qual fui seduzida
Exalando meu olor
Era por ele sorvida

Era por ele sorvida
Ao despertar orvalhada
Libertina e atrevida
Incontida era sugada.

Incontida era sugada
E quase a desfalecer
Feliz mas despetalada
Desmanchei-me em prazer.

Deixe uma resposta