DEU NO JORNAL

Ricardo Nunes (MDB) prega cautela em pré-julgamento no caso das joias.

O prefeito de São Paulo lembra da “importunação da baleia” e dos móveis “desaparecidos” e defende respeito ao processo legal.

* * *

Uma coisa é certa:

Se as joias estivessem em 11 contêineres, o desfecho seria outro.

Um comentário em “O CASO DAS JOIAS

  1. Os 11 contêineres estão enfiados no cú do Corno de Caetés, da Putanja e dos apoiadores daquele verme imundo, que por hora está na presomência.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *