DEU NO JORNAL

As declarações agressivas contra o governo feitas nesta sexta (6), em São Paulo, pelo presidente da Câmara, Rodrigo Maia, foram em reação ao decreto do presidente Jair Bolsonaro tornando mais rigorosos os critérios para utilização de aviões da FAB no transporte de autoridades.

Agora, as aeronaves só poderão ser usadas em viagens oficiais, jamais em deslocamentos pessoais.

O decreto atinge Rodrigo Maia em cheio.

Em 2019, ele fez mais viagens pela FAB que Bolsonaro: 250 no total.

Maia é o recordista absoluto no uso de jatos da FAB: desde julho de 2016, quando assumiu a presidência da Câmara, ele fez 769 viagens por conta dos pagadores de impostos, segundo informação da Força Aérea.

A 769ª viagem de Rodrigo Maia pela FAB foi para São Paulo, ontem, para participar de evento de caráter privado do instituto FHC, do ex-presidente Fernando Henrique Cardoso, também um crítico do atual governo.

* * *

Este cabra safado, que tem o codinome de “Botafogo” na lista de propinas da Odebrecht, só não é mais folgado por falta de espaço.

Faz uma parelha perfeita com Alcolumbre nas duas presidências do Poder Legislativo.

Ô país escroto que só a porra é esse nosso.

É pra arrombar a tabaca de Xolinha!!!!

Por conta dessa e outras é que dia 15 estaremos todos nas ruas.

Arroche mesmo, Bolsonaro!

Corte as mordomias todinhas que estes felas-de-puta desfrutam nas aeronaves da nossa Força Aérea.

Eu quero ver é esses canalhas cruzando com o povo no saguão de um aeroporto.

Seria uma cena inesquecível.

O jegue Polodoro tá doidinho pra fazer Botafogo voar nas asas da sua pica.

2 pensou em “O CANALHA AÉREO BOTAFOGO TÁ PUTO

  1. Hilário Editor Berto, esse CORRUPTO não só é mais folgado por falta de falta de espaço, ele é mais folgado do que peido de gay.

Deixe uma resposta