DEU NO JORNAL

O primeiro-ministro da Etiópia, Abiy Ahmed Ali, ganhou o Nobel da Paz 2019 por sua iniciativa decisiva para resolver o conflito de fronteira com a vizinha Eritreia, no leste da África.

O anúncio do 100º Prêmio Nobel da Paz foi feito na manhã desta sexta-feira (11), em Oslo, na Noruega.

* * *

Acabei de enviar um veemente protesto à comissão que outorgou este prêmio.

Prêmio Nobel para um negão não é certo.

O certo teria sido dar o Nobel da Paz pra um branquelo assim feito Lula, que levou a paz para as favelas cariocas, extinguiu a pobreza no Brasil e acabou com a fome em todo o mundo.

Como louro dos zóios zazuis e de raça ariana, quero deixar bem clara minha inconformidade com esta premiação.

Deixe uma resposta