DEU NO X

11 pensou em “NO FURICO DE QUEM FEZ O “L”

  1. Venham, venham todos que fizeram o L. Eis aí mais uma “picanha” do carniça. Aconselho chupá-la e lambê-la antes, prá amaciar a “bichinha”

  2. A manchete acima comprova a tese de que não podemos reclamar, pois com o PT no comando, nossa economia hoje ainda está melhor que amanhã.

    Eu quero ver gente “isentona” que fez o “L” para tirar o Tirano do Bonoro ajoelhar no milho e pedir perdão.

    Será muito difícil, pois são todos sem vergonha.

    Ainda vai piorar muito.

    • “E o pior, o (des)governo está só no início, não tendo atingido, ainda, o número mágico dos tais 100 dias… A única e melhor saída será sempre o aeroporto (infelizmente minhas posses não me permitem atravessar fronteiras).

      Parece que a fase brasileira do roer ossos (já que a picanha ficou na promessa) se aproxima à velocidade supersônica.

      • Grande Sancho!

        Que alegria tê-lo de volta aqui na área de comentários.

        Não acho que a saída seja o aeroporto.

        Acredito firmemente que o mal não triunfará.

        A jacarezada está com a boca aberta esperando comida e não há para todo mundo.

        O Dilmo tem lá seus problemas também.

  3. Triste Brasil, esse é o preço de fazer um demônio voltar a cena do crime, falta de aviso não foi, infelizmente paga todo mundo. Vi ontem a noite no Oeste sem Filtro que são 115.000 mil boquinhas até o momento, onde vamos parar?

  4. O quadrilhão aumenta os impostos para pagar os 115.000 apaniguados companheiros que foram contratados no governo Dilmo.
    Paulo Guedes consertou a Economia para os detratores petistas arrebentarem com tudo, em prol do rompante socialista “engana trouxas” de picanha e cervejinha.

  5. Verdade, ainda não terminou o período de experiência e a bagaceira já está desse jeito, a carreta furacão está sem freios em direção ao precipício.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *