A PALAVRA DO EDITOR

Prestem atenção neste vídeo gravado pelo lulo-petista Paulo Henrique Amorim, o mais descerebrado dentre todos os descerebrados “jornalistas” da Federação de Redações Midiáticas Babacais.

Escutaram o final do vídeo?

Prestaram atenção no que ele diz se referindo a Bolsonaro?

“Flamengo até morrer. Breve”

A palavra “breve” não consta do hino do Flamengo.

Se os lulo-zisquerdistas estão pensando em um novo atentado, pra matar Bolsonaro “breve”, é melhor desistir de Adélio.

O autor da facada vai ser internado num presídio por tempo indeterminado, conforme determinou a justiça hoje, sábado, 14 de junho.

Arranjem outro pra empunhar a peixeira.

Um assassino que seja competente e que não dê ensejo a que Lula diga novamente, como disse esta semana, que o atentado foi um encenação da direita reacionária.

Deixe uma resposta