DEU NO JORNAL

Dizendo representar outros governadores, o piauiense Wellington Dias (PT) jogou para a plateia, no lobby pela vacina da Pfizer, pressionando a Anvisa a autorizar seu uso emergencial.

A jogada foi prontamente desmascarada. Além de listar os requisitos para obtenção da autorização, a agência reguladora foi explícita quanto a quem cabe formular o pedido: as empresas.

A Anvisa também explicou que nenhum dos laboratórios fez pedido e qualquer autorização emergencial só será feita diante de um pedido dos responsáveis pelos estudos clínicos.

Para a diretora da Anvisa Alessandra Soares, uso emergencial é válido, mas observados “requisitos mínimos de segurança, qualidade e eficácia”.

O bancário petista Wellington Dias chegou a fixar prazo de 72 horas para a Anvisa autorizar o uso emergencial.

Ele não sabe o que diz.

* * *

Eu até pensei em fazer um comentário sobre esta nota aí de cima.

Mas deixei pra lá.

Vou apenas repetir duas coisas que estão nela:

1) O gunvernador piauiense é petista

2) Ele não sabe o que diz

Deixe uma resposta