DEU NO JORNAL

A palavra “inacreditável” bombou em Brasília, até entre jornalistas ativistas, após o ministro Dias Toffoli anular todos os atos da Lava Jato contra a Odebrechtt, empresa-símbolo da corrupção e cujos dirigentes confessaram haver subornado autoridades nos governos do PT.

* * *

Pra mim não tem nada de “inacreditável”.

Perfeitamente crível.

Normal, regular, rotineiro.

Amigo é coisa pra se guardar no lado esquerdo do peito.

Tudo dentro das normas da suprema republiqueta banânica lulo-petralha.

Nada de espantos.

2 pensou em “NÃO HÁ MOTIVO PARA ESPANTO

  1. Inacreditável e imaginar quem vai explicar isso tudo na justiça americana, onde a Odebrecht também é julgada.

    A Odebrecht é julgada a aqui em Banânia; o processo foi anulado por um Juiz citado em planilha de corrupção. Que um réu confesso que citou ter entregue 320 milhões de dólares em propina dando provas destas, teve sua confissão anulada.

    A imagem da nossa justiça não está nada boa nos EUA.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *