DEU NO JORNAL

Órgãos federais de investigação precisam averiguar o interesse de ONGs, sobretudo estrangeiras, bancando o transporte de milhares de índios para Brasília.

E a superprodução das manifestações.

* * *

Eu fico pensando é nas tuias de bosta que esses milhares de índios cagam no imenso gramado da Esplanada, já que eles acampam por lá.

Uma poluição merdífera que deve afetar o meio ambiente de todo o Planalto Central do Brasil.

O ideal seria que, quando sentissem dor de barriga, corressem pra se acocorar e excretar seus tolôtes no espaço em frente ao órgão-mor da nossa justiça.

Fiquei sonhando e imaginando esta cena tremendamente coerente, formada pela dupla Merda-STF.

E me lembrei que a boca de Gilmar é bem maior que a boca de um pinico tamanho extra-grande.

Este autêntico representante indígena, que está de óculos escuros na foto abaixo, tem a aparência de quem caga muito fedido.

Deve ter deixado muitos e muitos quilos de bosta no vasto espaço da Esplanada.

2 pensou em “MERDOSIDADE INDÍGENA

  1. Um país, onde um bando de parasitas cretinos e desocupados, fazendo merda, não tem como dar certo nunca. Eita, país dos seiscentos diabos. Tudo que foi de político safado, vagabundo, pulha, puta, xibungo, foi vomitado das profundezas dos quintos dos infernos e veio pra cá, encher o saco da gente decente que existe neste país.
    Eliminem logo essa raça do cão.

Deixe uma resposta