CORRESPONDÊNCIA RECEBIDA

Oiiiiiii!!!!!

Berto, meu Zoiudinho querido.

É Mercedita de Pelotas.

Estou tão feliz que estou escrevendo esta Carta para compartilhar com todos os velhos tarados deste mafuá.

Eu, Mercedita de Léon, pesquisadora a frente (e atrás) do Departamento de Ciências Boiolísticas da Universidade Federal de Pelotas (o mesmo Departamento que sugeriu, cientificamente, a Lula que Pelotas tinha futuro como Polo exportador de Viados) confirmamos a existências de cinco novas espécies de aves.

Aves raras, raríssimas. Endêmicas de microrregiões do mundo.

Estas cinco aves dão apenas em Pelotas, Campinas, Petrópolis e Paris (a bem da verdade podem ‘dar’ em outros lugares, mas aí só dentro do armário).

Agora que as identificamos, vamos poder preservá-las e fazê-las procriar. Algumas Mercedita já conhecia, agora comprovou sua existência.

Elas são o PAPACÚ DA CABEÇA ROXA, o PIÇUDÃO AZUL NIGERIANO, o CARALINHO BELGA, a NUCUTUTINHA.

Aiiiii! Já ia esquecendo do LAMBECÚ FRANCÊS, este a MARGOT criava em uma gaiola em Paris. Ela me disse que tinha um viveiro deles em Petrópolis.

Aí vão as imagens de nossas aves raras.

Um beijo no ombro e uma fungada no cangote seus Velhos Tarados.

BESOS! De MERCEDITA.

R. Me digam mesmo: tem um lugar mais escroto e imundo do que este jornaleco???!!!

É pra arrombar a tabaca de Xolinha!!!

Dona Mercedita, a senhora consegue uma proeza que parecia impossível: abaixar mais ainda o nível desse recanto imundo.

Vôte!!!

7 pensou em “MERCEDITA – PELOTAS-RS

  1. Dona Mercedita, a senhora consegue uma proeza que parecia impossível: abaixar mais ainda o nível desse fantástico recanto jornalístico, palpitístico e esculhambacístico do mundo. Assim a senhora mata de vergonha seu irmão Rodrigo, um sujeito sério, defensor dos ótimos costumes e tradições gaúchas. Mas (sempre há um), a culpa é de Berto, que, num ato impensado mandou para Paris, como correspondentes internacionais Margô Yana e Mercedita, que assim que chegaram à capital do amor, já foram em busca de un homme prostitué qui avait joué dans quelques pornos. Um escândalo sem precedentes no jornalismo fubânico, abafado na época pela influência de Berto junto à mídia internacional.

  2. Esqueceram uma outra raça:

    o “arrom-baboga preto de Pindorama”.

    Espécie rara, mas bastante influente na cultura nacional atual, que já contou com até quinze espécimes noutros tempos, mas que, atualmente, conta com onze.

  3. Tai a prova cabal que o Bolsonaro preserva o meio ambiente com a demonstração desta nossa rica fauna caralhistica. Mercedita para ministra do meio ambiente

  4. Mercedita se superou!!! hahahahahahahahahahahahahahahahahaha!!! Berto, meu Zoiudinho Querido!!!hahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahaha!!!
    Issé que é um lugar de doido da porra!!! Aproveitar e madar um beijo para Mercedita!!!
    Um beijo, florzinha!!!kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk!!

  5. Essa irmã de De Leon não perde tempo. Se o irmão já não tivesse uma coluna, e ser muito atarefado, ia sugerir uma coluna pra Mercedita.

Deixe uma resposta