CORRESPONDÊNCIA RECEBIDA

Para o meu blog predileto.

Um texto que copiei do Twitter.

Gostaria muito de saber quem é o autor para dar meus parabéns.

Publique por favor.

Obrigado.

* * *

Você conhece essa mulher?

Não?

Bem, essa é a Major CB/MG Karla Lessa.

Muito provavelmente você viu a foto que está rodando o mundo, de um resgate extremamente difícil em Brumadinho e ouviu os comentários sobre o desempenho incrível do piloto do helicóptero.

Karla era a piloto daquele helicóptero, responsável por realizar uma manobra complicadíssima para salvar uma vida.

Já se passaram dois dias e até agora você não viu o movimento feminista parabenizar essa mulher. Você não viu a foto dela circular na boca e nas redes sociais das rainhas da hipocrisia, que dizem lutar pelo empoderamento feminino.

Acontece que Karla não urinou na rua. Karla não defecou em uma igreja. Karla não fez sexo em local público. Karla não mostrou os seios em uma passeata. Karla não ficou histérica em um programa, dizendo que os homens cometem Mansplaining ou seja lá o que for.

Karla é a mulher inteligentíssima, que estudou muito, que lutou para chegar onde queria, que se tornou major e que agora pilota um helicóptero com uma habilidade fascinante e salva vidas na tragédia em Brumadinho.

Para o movimento feminista, isso não é motivo de aplauso.

Mas, eu faço questão de dizer: Karla, você é uma heroína, que me inspira e abarca no exercício da sua profissão, minha maior aspiração: dar tudo de mim por quem precisa.

Obrigada, Karla.

Fica registrado aqui todo meu reconhecimento.

Força e honra!

Primeira mulher piloto de aeronave de bombeiro no país, major Karla Lessa retirou vítimas da lama em regate dramático.

Deixe uma resposta