CORRESPONDÊNCIA RECEBIDA

Prezado Editodos,

Hoje, dia 14/01, das 19h30 às 20h30, o Cabaré do Berto receberá a jovem competente Neide Nascimento que atualmente preside a APPTA – Associação de Poetas e Prosadores de Tabira.

Essa associação, dentre outras grandes contribuições à cultura pernambucana, é responsável pela realização da Missa do Poeta, em homenagem ao poeta Zé Marcolino.

São mais de 30 anos de uma missa da mulesta dos cachorros toda rezada em versos ao som de violas.

Avise aos fubânicos que para participar basta clicar aqui.

Maurino convidou Maurinha de Paulo Afonso, uma mulé-dama parida no beco do cuscuz, para ajudar na limpeza do ambiente e na recepção dos frequentadores que vão ganhar uma lapada de cana com limão e um “cadinho” de torresmo de porco.

É só chegar.

Abraços.

R. Se sem oferecer qualquer agrado, esse ambiente escroto já vivia cheio, imagine hoje, com o agradinho da lapada de cana com limão e tira-gosto.

Vôte!

Isso sem o contar o tema que vai ser tratado no encontro pela jovem Poeta Neide Nascimento, diretamente de Tabira, uma terra que é marcada pelo culto à poesia popular e por ser berço de muita gente talentosa.

Tudo sob o comando e a batuta do colunista fubânico Maurício Assuero, criador e gerente da plataforma onde ocorre este magnífico evento.

Vai ser arretado como sempre é, ao vivo e a cores, um olhando pro outro na tela do computador.

A comunidade fubânica estará presente pra abrilhantar o evento com sua participação, intervenções e perguntas.

Às sete e meia da noite estaremos todos lá!!!

20 pensou em “MAURÍCIO ASSUERO – RECIFE-PE

  1. Mas rapaz, é como diz, Papa Berto: “Quero moralizar essa gazeta esculhambada e vocês ainda esculhambam mais.”
    Ômi, Maurinha ainda tá de boi; Mas, o irmão dela, eu mêrmo, tô aqui, com a pajaraca mais maió que a de Polodoro, pra enfiar na rabiola daquele fresco, que atende pelo nome de Altamira, a puta chefe dos cabarés de Garanhuns…
    Deixando esses pormenores, estarei fazendo a limpeza do quengueirom para que às 19:30, o Cabaré esteja devidamente escancarado, arreganhado, esperando esse mói de véi tarado; A cachaça vai rolar solta; Quem estará pagando essa cachaçada cabarelística é Neto Feitosa e Adônis!!!
    Entonce, até logo mais!!!

    • A Pretinha Maurinha do Beco do Cuscuz dá um rabo que rincha… Deixa de ser vadia e sai daquele beco o mais breve possível, neguinha rinchadeira!!! A continuar naquele ambiente bye, bye, para o resto das tuas pregas, dadeira de bunda…

      P.S1.: – O fuscão preto da Neguinha Maurinha lá do Beco do Cuscuz de Paulo Afonso não tem primeira não, só usa marcha-à-ré…

      P.S2.: – Pretinha Maurinha, daqui lhe mando um grande abraço por trás!!!

  2. kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk. Pegou ar…..kkkkkkkkkkkkkkkkk. Olhe, portador não merece pancada. Por favor, bote Polodoro para outro lugar e não esqueça que nós somos amigos… amigos. Jesus disse que nós nos amássemos, não que nos amassemos

      • Maurinha, neguinha preta do cabelo de tuim:

        Por que você não deixa esse vício de queimar à rosca lá no Beco do Cuscuz e forma uma gangue para roubar fio de cobre estocados nos armazéns da CHESF, hein pretinha vagaba?!?!?!

        P.S1.: – A quantidade de vezes que essa neguinha arreganha a bunda em apenas um dia, macaco não pula em um ano!!!

        P.S2.: – Nega do cabelo de tuim: deixa essa vidinha… Abandona àquele setor… Tu vais viver eternamente de bunda assada…

        P.S3.: – Volto a oferecer meus préstimos cabelo pinxaim: quando estiver carente fale comigo que eu só boto e empurro até o talo e é de goela abaixo e reto acima…

          • Olha, neguinha Maurinha que em pé parece uma porca preta e deitado um toco ou tição queimado,

            Apesar de sua fotografia parecer com o relatado acima, mesmo assim eu sempre vi essa cabelo duro como uma quenga arreganhada lá do Beco do Cuscuz em Paulo Afonso. Mas SUPONHETAMOS aue esse nego sabujo seja “homem” Se for lare e mais cpm aqueles “manja bimba” de banheiro público de rodoviária, que fica rodeando o macho quando está mijando para apreciar o tamanho da jeba…

            P.S.: – De onde eu estiver, se em Altamira(PA) ou Garanhuns(PE), pois é com uma satisfação esporrante que eu lhe mando um grande abraço por trás…

    • MARRONZINHA DO BECO DO CUSCUZ: SE VOCE ESTIVER NECESSITADA, PRECISANDO OU SE ENCONTRA MUITO CARENTE POSSO QUEBRAR O SEU GALHO, POIS EU SÓ EMPURRO DE GOELA ABAIXO E RETO ACIMA…

      P.S.: – O lamentável nesse ato é que você, Neguinha Maurinha, vai ficar toda assada, a voz rouca e os quartos com o parafuso de centro quebrado…

  3. Atupesar dos pesares, em se tratando dessa quenguinha maurinha, a bundeira do Beco do Cuscuz (Paulo Afonso), eu desejo que essa peste não morra. Longevidade e firmeza de princípios bundeira vagabunda!!! Sinceramente, é o que essa “PUTA DE DOIS REAL” está precisando e ê o que eu, libidinosamente, lhe desejo…

    P.S.: – .: – Volto a repetir quenga Maurinha dos pentelhos de africana: De onde eu estiver, se em Altamira(PA) ou Garanhuns(PE), pois é com uma satisfação de tarado esporrante que eu lhe mando um arrochado abraço por trás…

    Carre

    • Isso é o que eu chamo de descontrole emocional!!! A bicharoca, que atende pela alcunha de Altamira, a Puta Chefe dos Cabarés de Garanhuns, está descontrolada!!! Vá dar meia hora desse teu rabo fedegoso ao luladrão, seu feladaputa; Aí, talvez, você fique mais controlada. Esse seu descontrole é falta de uma pajaraca sextavada polodorística no seu rabo a dentro, corno manso!!!
      “Pra Altamira Pinheira,
      O futebol não cola;
      Pois se for cabecear,
      Na certa ela fura a bola.”

      “Tua bunda mortifica,
      De Eros a forma herda;
      Tem mais entrada de pica,
      Do que saída de merda.”

      E vá pra grã puta que o pariu. Ligeiro, demônio!!! Nosferatus.

  4. Ô Porco Preto de Paulo Afonso, não se irrite por eu sempre lhe enviar um arrochado abraço por trás, daqueles de quebrar costelas e você sentir, prazerosamente, duas bolas encostadas ou roçando o seu traseiro. Mas, não se assuste, porque o pior já passou… Digo melhor, entrou!!!

    Em que pese esse PORCO PRETO ter sido parido no Beco do Cuscuz, jamais deveria ser um depravado dadeiro de bunda e sim um autêntico corno!!! Que tal CORNO CUSCUZ, que é aquele que tenta abafar o caso, mas só vive ou não larga de um chapéu peruca de touro…

    P.S.: – Olha, PORCO PRETO!!! Você deve ter pensado que eu ia lhe dá lavagem de Hotel Cinco Estrelas ou farelo de primeira, lascou-se!!! E o pior: arrombou-se de meio a meio. Comigo, PORCO PRETO, você mastiga brita e o ponche é piche!!! Tendo como sobremesa, pudim de prego…

Deixe uma resposta para Josman Cancelar resposta