CORRESPONDÊNCIA RECEBIDA

Prezados Editodos,

nesta quinta, 08/outubro, a comunidade fubânica estará reunida para mais uma sessão de fuxicos.

O colunista Marcos André, vai nos brindar com um passeio sobre tópicos apresentados na passarela do cabaré de Berto, como diz o glorioso Jesus de Ritinha de Miúdo.

A fuleiragem, fuxicagem, fofocagem, vai das 19h30 às 20h30 e para participar não carece de avexamento nenhum.

É só clicar aqui e pronto…

A participação é livre, para leitores, colunistas e voyeurs, assumidos, enrustidos, indecisos, brabos, delicadas e adjacência.

Contamos com a participação de todos.

Abraços.

R. Meu caro colunista Maurício Assuero, nunca é demais ressaltar que a plataforma onde se realiza a assembleia da turma fubânica, essa cujo link está na mensagem aí em cima, é uma criação sua.

Esta conquista nós devemos a você.

É como eu digo sempre: nessa gazeta escrota só tem cabra bom e de primeira!!!

Pois nesta quinta-feira, a partir das 7 e meia da noite, estaremos novamente juntos para o nosso salutar encontro semanal, hoje apresentado pelo ilustre colunista fubânico Marcos André.

O debate estará aberto para todos os participantes, ao vivo e a cores.

É só entrar e dar as ordens, direito assegurado pela constituição fubânica.

Até lá!!!!

8 pensou em “MAURÍCIO ASSUERO – RECIFE-PE

  1. Foi bom. Marcos André chegou com meia hora de atraso e umas desculpas esfarrapadas, já tinha oito mil trezentas e sessente e sete pessoas aguardando, oito pelos cálculos da Polícia Militar, mas recuperou brilhantemente a procura do tempo perdido e foi aquela bagunça de sempre. Ao final, foi possível registrar, sem mentira nenhuma, onze mil, seiscentas e quarenta e duas almas viventes antenadas na TV Fubana, assistindo ao falatório e participando ativamente. Já o registro da PM, como sempre defasado, disse que só foram 21, como se isso aqui fosse jogo de cartas.

    • Como eu havia vaticinado, Goiano. Nossa quintas feiras nunca serão as mesmas.

      O contato não fica apenas na escrita da coluna e comentários. Agora tem o áudio e visual.
      A satisfação, as boas risadas e a alegria estampada em cada rosto bestafubanense, não tem preço.

      Dos mais de 11 mil participantes, me bastaria os colegas colunistas “raiz”.

      Este grupo coeso faz a diferença e valem por 12 mil.

      Forte abraço!

Deixe uma resposta