CORRESPONDÊNCIA RECEBIDA

Caro Editor:

Nem todos os corruptos latino-americanos são amorais.

O ex-presidente ladrão do Peru se matou antes de ser preso.

Já o ex-presidente ladrão do Brasil tomou cachaça na missa antes de ser preso.

Somos um país diferente.

R. E como somos diferentes, cara leitora.

Somos únicos, inigualáveis.

Quem nasceu pra Jânio Quadros, nunca chegará a ser Getúlio Vargas

“Cuidado cum a Odebrexi, cumpanhero Alan: ela podi sê matadêra”

Deixe uma resposta