11 pensou em “MAIS CARO DO QUE A LAGOSTA DO STF

  1. É meio apelação isso daí.

    Tipo ir com muita sede ao pote de leite condensado.

    Assim como foram com muita fome ao prato de lagostas.

    Há coisas importantes acontecendo, de modo que s as licitações foram legais, os preços justos, não houve combinemos nem superfaturamento, não rolou propina, essas ilegalidades, as Forças Armadas certamente não terão dificuldade em demonstrar que o leite condensado foi usado em alimentos pàra a tropa.

    O caso dos bombons e dos chicletes pode ser mais complicado, mais por causa do preço e da empresa vencedora, o que também não convém afobar-se, vamos aguardar as explicações, né?

    o vice foi infeliz em dizer que “é só fumaça”, mas isso não passou de uma infeliz imagem.

    O fato é que os órgãos públicos consomem de um tudo, inclusive em alimentação, notadamente quando se trata dos altos escalões e do Ministério das Relações Exteriores: não é de se estranhar que altas autoridades e patentes elevadas disponham de bebidas e comidas finas – afinal o presidente da república não vai receber os convidados no Alvorada a sarapatel.

    Até o E-Farsas, sempre atento, minimizou:

    https://www.e-farsas.com/o-presidente-jair-bolsonaro-gastou-r-15-milhoes-em-leite-condensado-em-2020.html

    Mas vocês, direitistas ou conservadores, tanto faz, se lembram de quando atacaram, pois não? Agora é hora de treinar seu goleiro e a zaga.

    Lembram do ditado que dizia mais ou menos que o que dá em João Francisco dá em Joaquim Francisco?

    Poi Zé.

    • Goiano,

      Querer relativizar a patifaria de uma denúncia totalmente mentirosa é mau intencionada dessas com a que foi feita sobre a esbórnia praticada pelos urubus do STF é demais da conta!

      Eu sei que você é mais um dos hipnotizados pelo canto de seria do projeto maldito de “Um Mundo Mais Igual”, mas peraí…

      MENAS!!! Como diria um certo analfabeto e ladrão que passou por aqui há tempos atrás, mas que já morreu e não sabe. Tanto que continua querendo sair da catacumba a qualquer custo.

  2. Pingback: É PRA PASSAR NUM ÚNICO PÃO | JORNAL DA BESTA FUBANA

  3. Adônis, não se trata de relativizar, a denúncia não é mentirosa: o STF comprou lagosta para o rango dos ministros. A denúncia é verdadeira.
    Também a denúncia de que o governo federal comprou quinze milhões de reais de leite condensado é verdadeira, teanto que Bolsonaro disse:
    – “Quando vejo a imprensa me atacar dizendo que comprei 2 milhões e meio de latas de leite condensado, vai pra puta que o pariu, imprensa de merda! É pra enfiar no rabo de vocês da imprensa essas latas de leite condensado”
    Assim como é certo que o governo comprou dois milhões e quinhentos mil reais de vinho.
    E também dois milhões e duzentos mil reais de chicletes.
    E bombons: oito milhões e oitocentos mil reais.
    E refrigerantes uns trinta e um milhões de reais.
    A questão dos valores e quantidades eu acho irrelevante, tanto das lagostas quanto dos bombons e tudo o mais, certyamente todos esses gastos podem ser justificados pela alimentação da tropa e por outras singularidades mais das necessidades do governo.
    É bobagem se apegar a certas minúcias só porque Jair Messias Bolsonaro é a bola da vez: há muito o que criticar, com fundamento, no seu governo, sem necessidade de apelação.
    Mas se é para relativizar, vamos falar de 2008:
    O AeroLula teve gastos de cento e tgrês dólares em barras de chocolate. E mais 480 dólares em canapés. US$ 80 em chicletes. E 17,40 em gelatinas. E o governo não caiu, apesar da grave denúncia.
    Também já houve gritas por causa das bebidas servidas em residências oficiais.
    E por aí vai.
    O que estou dizendo é o seguinte: Os órgãos pedem, explicam o por que querem os artigos, as autoridades competentes, chefes e diretores analisam e autorizam, deve estar regular e desde que os procedimentos sejam lisos e não corram propinas, pelo amor de Deus, deixem o governo gastar!
    O governo precisa gastar muito, em compras, em serviços, em pessoal, para que a grana corra e distribuia a felicidade!
    Essas “denúncias” só servem para desviar do importante, que dé o que o presidente Jair Messias Bolsonaro faz de errado mesmo.

Deixe uma resposta