4 pensou em “MAIA VOLTA A AMEAÇAR COM IMPEACHMENT

  1. ESSE SUJEITO FOI O PRESIDENTE DE CÂMARA MAIS CANALHA QUE SENTOU PRAÇA NAQUELA CASA.. DOS 59 PEDIDOS DE IMPEACHMENT QUE DERAM ENTRADA EXIGINDO UM CHUTE NA BUNDA DO BUNDA SUJA, SEQUER ESSE ENERGÚMENO SE DEU8 AO TR5ABALHO DE ANALISAR PELO MENOS UM!!!

  2. Eu entendo que o impeachment deve observar os crimes previstos na constituição. Apesar do jeito de Bolsonaro e não vi, até o momento, nenhum fato que fosse enquadrado na lei. Uma pessoa diz que vai matar outro e não mata, enquanto outro não diz que vai matar, e mata. Esse é mais culpado do que o primeiro. Bolsonaro tem comportamentos exagerados, mas é o cara que diz que vai matar e não mata. Maia está falando de impeachment novamente por uma simples razão: chantagem. Ele foi acusado pela PF e cobrou da PGR uma posição sobre o processo. Se fosse denunciado, retaliava. Tentou dar um golpe constitucional. Queria ficar até 2022 em evidência para ser vice de Ciro Gomes. Agora está a 15 dias de voltar para o anonimato no congresso e para as páginas policiais. Eu não duvido que esse sacana jogue o país nesse abismo. Altamir, você é um cara inteligente. Não é um impeachment que o Brasil precisa agora. A eleição e no ano que vem. Tire o cara através do voto. Impeachment agora só atende o interesse político da esquerpata e me parece que você está além disso.

    • Altamir, no dia 06/04/2020 eu publiquei um texto no facebook perguntando ao secretário de saúde de Pernambuco qual era o protocolo para as pessoas que foram contaminadas. Na ocasião, estudando a evolução de casos e de óbitos, já externei que a ideia do fique em casa não estava funcionando. Usei dados para demonstrar que a doença não seguia mais distribuição de probabilidade normal e coloquei que se isso ocorresse, no dia 28/07/2020 teríamos 95% dos casos, ou seja, entraríamos em agosto com 5% de chance de ter covid. Eu fiz um estudo do tempo entre a confirmação e o óbito e achei 202 casos com esse período negativo, ou seja, a confirmação ocorreu após o óbito. Aqui, o primeiro caso foi constatado em 26/02/2020, logo 14 dias essa pessoa estava com o vírus e tivemos o período de carnaval. Mostrei que os casos piores era AM, PE, CE, RJ e SP. Também tive o cuidado de mostrar que, embora se tratassem de estados governados por opositores, não havia diferença estatística no número de óbitos entre estados apoiadores (7) e estados opositores (20). Fiz tudo isso usando estatística. Publiquei no facebook minhas análises. Nenhum interesse político eu tenho. Usei a ciência e só.

Deixe uma resposta