6 pensou em “UM QUEBROU O BRASIL E OUTRO QUEBROU A CARA

  1. Era tudo jogo de cena, fingimento.

    Alckmin poderia ter tirado Lulla e o PT da jogada em definitivo (era governador À época) em 18/01/2002, quando Dirceu e Lulla mandaram matar Celso Daniel. A polícia de SP, a mais capacitada do BR “resolveu” em poucos dias que foi um crime comum, um sequestro que não deu certo.

    Sempre fiquei com esta questão na cabeça e agora as coisas começam a fazer sentido.

    • Um crime comum , que matou mais , se não equivoco , 7 pessoas , inclusive o garçom que serviu Celso Daniel e o seu amigo Sombra . Um crime comum , que o lesado do Suplicy disse que não era . Um crime comum , que se sequestra alguém e deixa uma testemunha viva dentro do carro . Um crime comum que o carro , um Land Rover só poderia ser aberto pelo motorista ou pelo passageiro . Um crime comum que fez com os irmãos dele fossem morar no exterior pois não se sentiam seguros no Brasil.
      E nada disso fez com que as investigações fossem reabertas .

  2. Isso só faz aumentar minha crença que a grande maioria dos políticos nacionais não tem o mínimo de vergonha na cara.
    Diga-me com quem andas , que te direi quem és !

  3. FHC propiciou a fundação do PT com Lula no colégio Sion, em frente ao seu apartamento.
    Lula ia ao apartamento de FHC por inúmeras vezes.
    O teatro das tesouras enganou o povo brasileiro.
    Enfim, é um balaio de canalhas e saqueadores do erário.
    Inclusive o Santo, na planilha da Odebrecht.
    Todos farinha do mesmo saco podre e azedo.

  4. Me lembrei do “finado” Altamir Pinheiro que tinha até uma coluna aqui e era defensor ferrenho do Alckmin pra presidente em 2018. Junto com uma senadora que não me recordo o nome.

  5. Altamir deve estar se preparando para fazer campanha para o Excelso , Eclético , Maravilhoso , Escrupuloso , Honrado etc,etc,etc. Quase um santo.

Deixe uma resposta para Jose Roberto Cancelar resposta