DEU NO JORNAL

No relatório que traz o e-mail com menção a “Lewan”, há várias mensagens trocadas entre Marcelo Odebrecht e seus executivos com queixas à inércia de Dilma Rousseff em deter a Lava Jato.

As mensagens encontram respaldo na delação de Antonio Palocci, que testemunhou Lula pressionando Dilma a remover os delegados da operação, em novembro de 2014.

“Lula estava irritado com José Eduardo Cardozo, pois dava a impressão de que não estava ajudando a remover os delegados”, contou o ex-ministro.

Segundo ele, Lula “se irritou ainda mais com a manifestação de Leandro Daiello, então diretor-geral da Polícia Federal, que estaria “defendendo os delegados”.

Questionado pela PF, Palocci contou que a petista Dilma “deu corda para o aprofundamento das investigações, uma vez que isso sufocaria e implicaria Lula”.

Segundo o delator, o ex-presidente queria “controlar o governo de sua indicada e preparar sua volta à Presidência”. Para isso, precisava manter o acesso sobre o financiamento lícito e ilícito do PT.

E Dilma tentou “asfixiar” esse poder de Lula.

Marcelo e seus executivos se deram conta dessa guerra interna. Numa das mensagens, Alexandrino Alencar se diz “muito preocupado”. “Acho que ela quer fazer um voo solo e ele se lançou a 2018 de modo a mantê-la sob controle.”

“Neste cenário entra também a Lava Jato, pois ela acredita que chega nele e não nela, aí está a grande confusão na qual estamos metidos. Alguns que foram presos são da turma dele, só que com fortes ramificações nela, aí mora o perigo.”

* * *

Pelo que se sabe do tamanho do grelo de Dilma, Lula tinha realmente razão de ficar temeroso com a integridade das pregas do seu furico.

Briga entre facções da mesma seita costumam ser bem mais cruéis e sangrentas do que aquelas entre seitas de credos diferentes.

De minha parte, só tenho um coisa a declarar:

Solte a língua e bote pra fudê, Italiano!!!!

O Italiano escuta muito bem tudo que se fala ao seu redor; e a língua presa fica completamente solta quando começa a descrever a putaria do bando

Deixe uma resposta