LAVA JATO ESTÁ VIVA. NÃO VAI MORRER ASSIM TÃO FÁCIL

Tribunal Regional Federal da 4ª região (TRF4) condenou Lula no processo do sítio de Atibaia, oriundo da Lava Jato

Existem, basicamente, duas maneiras de se lidar com a justiça nos tribunais superiores deste país: a suja e a limpa. A suja o Brasil inteiro está cansado de saber qual é. A limpa é a do Tribunal Federal Regional da 4ª Região, em Porto Alegre, na pessoa dos desembargadores Gebran Neto, Leandro Paulsen e Thompson Flores.

Ao confirmar a condenação de Lula em seu segundo processo criminal, o do sítio de Atibaia, e aumentar para 17 anos de cadeia a sentença que ele havia recebido na primeira instância, o TRF4 mostrou ao Brasil que não tem medo da “Facção Pró-Imunidade Eterna” que protege no plenário do STF os bandidos milionários e poderosos.

A decisão, nas lamentações anônimas dos ministros que querem estender até o Dia do Juízo Final os recursos dos réus “Top de Linha”, foi “uma afronta ao STF”. Onde já se viu um corpo de magistrados condenar alguém que ocupa a posição de “Protegido Número 1 do Supremo”? É claro não foi afronta nenhuma. Os desembargadores do TRF4 aplicaram a lei e fizeram justiça. Quem desmoraliza a lei e pratica a injustiça é o STF. Só isso.

“O TRF-4 mostrou ao STF que não se intimida com cara feia”, escreveu nas redes sociais o jornalista Mario Sabino, editor de O Antagonista. Lulistas, juristas, garantistas, equilibristas, etc, não gostavam da “República de Curitiba”? Pois agora vão ter de se aborrecer, também, com a “República de Porto Alegre”, na expressão do jornalista.

Todos eles, naturalmente, gostariam mesmo é de acabar com o aparelho judicial brasileiro nos casos de mega corrupção – só os Toffoli, Gilmar e seus coroinhas do STF deveriam ter o direito de julgar a ladroagem graúda. Infelizmente, para o seu sonho, ainda não está dando para chegar lá. O TRF4 lhes ensinou, e aos “Seis do STF”, que existe no Brasil de hoje, sim, gente capaz de enfrentar a tentativa de tirania “garantista” que vem do degrau mais alto do Poder Judiciário.

Num país povoado por Rodrigos Maias, Alcolumbres e todos esses falsários que dizem fazer “engenharia política”, é um conforto, realmente, encontrar homens de coragem no exercício da função pública. Gebran, Paulsen e Thompson Flores provaram, com sua decisão da quarta-feira, que os brasileiros não estão sozinhos nas suas esperanças de uma sociedade mais limpa.

Não são os únicos, felizmente – há muita gente, junto com eles, que não tem medo de contrariar Lula e nem de ser acusado, só por isso, de ser “fascista”, “extremista de direita”, “a favor do AI-5” e por aí afora. Ao contrário, são a prova viva de que a democracia brasileira não é propriedade privada da esquerda – e de quem considera um pecado político mortal exigir que o ex-presidente tem de se submeter ao Código Penal, como todos os cidadãos do país.

É comum ouvir ministros do STF dizerem que “as pessoas” acham justas as decisões judiciais que aprovam, e injustas as que não aprovam. Conversa. “As pessoas” não são os idiotas que eles imaginam – percebem, como qualquer ser humano capaz de pensar, que há coisas certas e coisas erradas. Em consequência dessa constatação, acreditam que a justiça do seu país deveria optar pelas coisas certas; do contrário, não vai se merecer nenhum respeito, nunca.

O TRF4 optou por fazer o bem em lugar do mal. Qual é o problema com isso? O problema é que os corruptos não podem mais contar, como esperavam depois da decisão do STF proibindo a prisão dos condenados em segunda instância, com a garantia da impunidade perpétua. Os desembargadores de Porto Alegre mandaram um recado claro a todos eles: a Operação Lava Jato está viva. Não vai morrer assim tão fácil.

4 pensou em “LAVA JATO ESTÁ VIVA. NÃO VAI MORRER ASSIM TÃO FÁCIL

  1. .
    mas,

    há uma pergunta que ainda NÃO FOI respondida.

    A Sociedade deseja um esclarecimento !!!

    por que ALGUNS desses ditos mim.nistros desse tal stf

    [ e formam maioria ! ]

    têm tanto m.e.d.o do Detento FICHADO 700004553820?

    têm tanto m.e.d.o que se obram todim !!!

    POR QUE ???
    POR QUE ???
    POR QUE ???

    RABO PRESO ???

    CONIVÊNCIA ???

  2. Não importa o bandido, não temos nenhum de estimação, se LULADRÃO for condenado, ótimo, se o filho do Bolsonaro for condenado, fazer o que? O importante é o Brasil, e dentro deste princípio, vamos pra cima, não importa o LADRÃO, o importante é ele está em cana. Simples assim!

  3. No dia que o Tofolli e seus comparsas do STF conseguiram acabar com a prisão em segunda instância , soltar o lulla e bisbilhotar os dados fiscais de 600.00 de boa,e deitar e rolar na nosssa cara! pensei: Desisto ! não tem macho neste país!
    mas tem sim ! tem TRÊS no TRF-4 de Porto Alegre!

  4. Pingback: TRÊS CABRAS MACHOS | JORNAL DA BESTA FUBANA

Deixe uma resposta