CORRESPONDÊNCIA RECEBIDA

Prezado Berto,

Estava eu assistindo o jornal local da Globo (moro em Candeias-Jaboatão), mostrando o carnaval em Olinda e lá ouvia-se “Bolsonaro é o caraio”.

“Caraio” isso mesmo.

Que vergonha ser nordestina, pelo menos posso dizer que não sou pernambucana, nasci em Campina Grande PB.

Abraço pra você, Aline e João.

R. Você teve o privilégio de nascer na pátria dos meus queridos amigos irmãos Jessier Quirino e Orlando Tejo, a gloriosa Campina Grande.

Quanto ao “carai”, fique tranquila, cara leitora.

Segundo apurou a Editoria desta gazeta escrota, os luleiros zisquerdistas que cagavam oralmente no carnaval de Olinda estavam mesmo era aterrorizados e gritando assim:

“Bolsonaro vai enfiar o caraio no furico da gente”

Esta é a mais pura verdade.

Os que estavam gritando isto compunham um bloco com exatamente 13 foliões vestidos com fantasias vermêio-istreladas.

Enquanto isto acontecia em Olinda, no resto do Brasil um outro bloco, composto por 58 milhões de eleitores, estava gritando assim:

“Enfia mesmo o caraio neles, Bolsonaro”

Na verdade, já vai pra três meses que o Capitão está enfiando o caraio no rabicho dessa gente.

Atesto, assino embaixo e dou fé.

“Vou enfiar o caraio até os ovos; e com bolsa de colostomia e tudo!!!”

Deixe uma resposta