CORRESPONDÊNCIA RECEBIDA

Caro Berto

Tenho a satisfação de lhe comunicar que nossa biográfica concisa de Paulo Vanzolini, publicada domingo, 28 de abril, ensejou a realização de um musical intitulado “Volta por cima”.

Eu conto como se deu:

Estou organizado a biblioteca de Regina Helena de Paiva Ramos e ela recebeu o Claudio Petraglia para passar uns dias em sua casa. Numa destas tardes fui convidado para tomar café com eles.

Eu ali entre dois “monstros sagrados” do Teatro e da TV, passamos a conversar sobre a biografia do Paulo Vanzolini, velho amigo deles.

A certa altura, Regina propôs ao Claudio fazer um musical sobre o Vanzolini. Houve um certo entusiasmo com a ideia e marcaram uma reunião para discutir melhor a ideia. Eu perguntei qual seria o titulo do musical.

A Regina respondeu prontamente: “O título já está dado, Brito. É Volta por cima”.

Assim, aguardemos a apresentação deste grande musical, realizado involuntariamente com a participação do JBF.

Abraços

R. Regina Helena de Paiva Ramos e Claudio Petraglia: dois grandes nomes da cultura e das artes brasileiras.

De modo que você está muito bem acompanhado, meu caro colunista fubânico.

É um privilégio contar com gente deste nível como amigos e parceiros.

É por isso que eu sempre digo: aqui nesta gazeta escrota só tem neguinho malassombrado!

Tenho certeza que este projeto fará muito sucesso.

E, já que o musical é sobre o grande paulo Paulo Vanzolini, vou aproveitar o pretexto pra fechar esta postagem com uma de suas composições que eu mais gosto.

Estou me referindo à música Ronda. Uma música que tem a particularidade de ter sido composta como se fosse uma criação feminina, como se vê neste trecho:

“Volto pra casa abatida, desenganada da vida…”

Interpretação da saudosa Inezita Barroso, numa gravação de 1953:

Deixe uma resposta