CORRESPONDÊNCIA RECEBIDA

Boa tarde Berto!

Estou de queixo caído, sem saber o que fazer.

Acabou de ser decretado aqui em Ribeirão Preto um lockdown que irá durar a princípio de amanhã (17/03) a domingo (20/03).

Como consequência, dentre outras coisas, todos os supermercados estarão fechados neste período.

Como foi avisado de última hora, a população, que não estava preparada correu aos supermercados, causando um tumulto fora do normal, que beira o caos, podendo chegar aos saques e violência.

Veja um exemplo no vídeo abaixo:

Logo isso vai passar para outras cidades e o tumulto será geral.

Talvez seja isso que Bolsonaro estava falando quando disse que iria tomar uma posição dentro da Lei.

Com o tumulto geral em SP poderá será decretada a intervenção federal no estado.

Acho que devemos alertar nossos leitores do JBF.

Abraço

R. Absurdo, absurdo, absurdo, absurdo!!!

Aqui em Pernambuco o babaca do gunvernador lulaico também decretou fechamento por 10 dias, e eu falei sobre o assunto em postagem feita hoje.

Tenho certeza que estas medidas ditatoriais, tomadas por tiranetes canalhas, sem qualquer base científica, são apenas pra sacanear e desafiar o governo federal.

Uma sacanagem que só vem em prejuízo da população, dos necessitados, dos trabalhadores e do grande povão.

É pra arrombar a tabaca de Xolinha!

Imagine que tem gente neste país surrealista que é declaradamente contra o tratamento preventivo da covid com medicamentos de comprovada eficácia e que já salvaram milhares de vidas.

Como atesta o médico pernambucano João Veiga, um amigo querido que já salvou muita gente aqui no sertão do nosso estado.

Não custa nada ressaltar que Veiga vive debaixo de intenso bombardeio da canalha zisquerdóide de jaleco branco, sempre reagindo com bravura e destemor, enquanto cumpre à risca o juramento que fez de salvar vidas quando se formou.

Quando puder, dê uma passada na página dele no FaceBook, e leia várias postagens que ele fez sobre este assunto. Basta clicar aqui.

Esses genocidas (esses sim, são genocidas mesmo!), que rezam e que dizem que acreditam em Deus, não percebem que esse tipo de comportamento é o caminho mais curto no rumo das profundas dos infernos do Satanás. 

Já estou convencido que só vai mesmo é na porrada, no cacete e no tabefe no pé de ouvido.

E de fuzil no ombro.

Tomara que o Presidente meta a caneta no papel e tome as medidas indispensáveis pra conter estes abusos.

E que o jumento Polodoro também meta:

Meta a pajaraca no olho do furico dessa canalha podre.

8 pensou em “JOÃO FRANCISCO – RIBEIRÃO PRETO-SP

    • Joãozinho Chiquinho – eu num sabia que tu morava nim Ribeirão Preto. Nos anos 70/80 eu gostava muito dessa cidade. Sempre que ia, viajava de ônibus. Viajava para São Paulo e de São Paulo para Ribeirão, pela Única. Ficava num hotel que, parece, tinha o nome de São José e ficava na frente do Terminal Rodoviário, ao lado do canal. Gostava de comprar frutas num mercado que ficava a 50 metros do hotel. De noite, só tinha um destino: chope do Pinguim. Gosto muito de3ssa praça que fica na frente do Teatro São João. Hoje, dizem, essa cidade está diferente, violenta – e essa atitude do prefeito confirma tudo. Na primavera, esse canal era repleto de acácias, daí do hotel até próximo do estádio do Comercial.

      • Caro Ramos, Ribeirão Preto é uma ótima cidade para se viver, tá certo que falta uma praia, mas fazer o que, né.

        Ainda existe o Hotel S. José em frente a rodoviária, o mercadão e o rio cercado de grandes palmeiras imperiais. Foi tudo revitalizado recentemente e está bonito.

        A violência que existe aqui é menor que no restante do país e que na capital SP.

        A violência contra os comerciantes e o fechamento total da cidade nos surpreendeu, pois não condiz com a liberdade que a cidade quer.

  1. Lamentável. Triste. Revoltante.
    Essa multidão que está se aglomerado em uma fila imensa subindo por rampas.
    Tá certo que estão de máscaras. Mas, será que estão dando a devida distância?
    Irão comprar para estocar os alimentos por causa das ordens do tiranete.
    Gastarão mais dinheiro, obviamente.

    Agora, porquê não vão para a porta da prefeitura para protestarem contra esses desmandos. Se estão se aglomerando. Porquê não se aglomeram lá.
    Dá para perceber que não tem gente humilde nessa fila.
    O mesmo acontece nos postos de gasolina, com greve ou sem greve de caminhoneiros.
    Tem um percentual da população que paga no combustível, o preço que lhe cobrarem. Não protesta pelo absurdo do valor de cada litro.

    Acredito serem do mesmo jaez,
    daqueles que enchem seus muros com arames cortantes, cercas elétricas, câmeras em tudo que é lugar da casa. Se possível meia dúzia de cães ferozes, etc. E o vagabundo acaba invadindo sua residência, assim mesmo.
    Mas, não agem com a mesma tenacidade, coragem, preocupação e responsabilidade para exigirem o direito de terem uma arma para se defenderem e aos seus familiares. Além do dispêndio ser bem menor.

    O que infelizmente constatamos, é que terceirizamos a política, principalmente, durante décadas. Não nos importávamos com o que estava acontecendo. Das decisões que tomavam por nós. Dos efeitos maléficos que hoje estamos presenciando. Nos tornamos hipócritas e egoístas também.
    Sem nos importar com o que ocorria a nossa volta e nem com o nosso semelhante. O nosso próximo. Desde que tudo de negativo e ruim atingisse à ele e não à nós.

    Bem, faço essa reflexão. Pedindo desculpas à quem discordar dela. Mas, acredito que se nós não nos unirmos para combatermos com destemor e coragem, essas atrocidades. Estaremos com nossas vidas e nossas liberdades seriamente ameaçadas. Que exemplo daremos para nossos filhos e netos.

  2. Caro Luiz, no geral tenho a mesma linha de pensamento de sua reflexão. Só te digo uma coisa, v. não precisa ter que pedir desculpas a ninguém por pensar assim, muito menos a quem discorda de ti.

    Luto pela liberdade de pensamento e expressão e defendo este direito mesmo de quem pensa diferente de mim, sem abdicar do meu direito de discordar.

  3. Ribeirao Preto está com quase 100% dos leitos de UTI ocupados. Mais um pouco e os médicos vão escolher quem vive e quem morre. Existem protocolos científicos a ser seguidos. Pode ser que algum tipo de medicamento seja eficaz para tratamentos precoces, mas não estão nos protocolos. Vacinação a passo de tartaruga. Você, fosse prefeito da cidade, faria o quê? Deixaria o pau quebrar?
    Ribeirão é acolhedora, rica, moderna e tem os mesmos problemas que as cidades de médio porte tem. O mundo não está acabando. Apenas estamos em lockdown por 5 – cinco – dias para diminuirmos os índices de contaminação. Se o povo age como manada, um líder tem de carregar o sino, se é que me entendem.
    PS não sou PT (vade-retro), mas não sou fanático por ninguém. Tenho 65 anos e quero viver mais um pouco.

    • Caro Olavo, Ribeirão Preto recebeu do Governo Federal 70 milhões de reais para o combate à pandemia e não se sabe onde este dinheiro foi gasto.

      Fechar supermercados de uma hora para outra por 5 dias não foi e nunca será uma boa ideia, visto que isto gerou uma corrida aos supermercados e obviamente aglomerações.

      Pode ser que alguns remédios podem ser eficazes no tratamento precoce? Muitos países da Europa adotaram a invermectina, junto a um coquetel de remédios para serem dados a pessoas que apresentem sintomas da doença até o 4º dia e isso tem dado resultado.

      Se Ribeirão Preto adotasse o mesmo protocolo de Porto Feliz, onde este são feitos tratamentos precoces, a situação não teria chegado ao ponto que chegou.

      Não são só supermercados que estão fechados, é quase tudo. A Justiça do Trabalho e outras e escolas estão fechados há mais de 1 ano e as consequências são e serão terríveis. Advogados estão sem ter o que fazer. Mas os funcionários públicos estão em dia com os salários.

      Tem um processo trabalhista que está me gerando bloqueios; eu fiz acordo faz 8 meses e nada de tirarem os bloqueios, o que está me gerando muitos prejuízos. Vou reclamar a quem? Para bloquear foi de repente o desbloqueio, só Deus (acho que nem ele) sabe.

      Eu também tenho mais de 60 e quero viver mais um pouco, mas estou preocupado com as gerações futuras.

Deixe uma resposta