CORRESPONDÊNCIA RECEBIDA

Caro amigo Luiz Berto,

Bora comer cuscuz? Cuscuz é bom demais!

Cuscuz é bom com tudo: charque, queijo coalho, manteiga, leite, galinha guizada, café…

E foi por isso que eu elaborei o cordel chamado CUSCUZ pra homenagear esse danado.

E para os leitores que quiserem acessar o link de inscrição no meu canal, é só clicar aqui.

Obrigado, forte abraço e até a próxima declamação.

7 pensou em “JOÃO ARAÚJO – MUNIQUE – ALEMANHA

  1. Cuscuz bem molhado ao leite, com ovo frito e um cafezinho bem açucarado.
    Mas, para mim, o melhor acompanhamento do cuscus é o bode guisado, lá na banca de Dona Chiquinha, no mercado de Acary.
    Ave Maria! Lambi os beiços aqui só de lembrar!

    • Rapaz, agora você me lascou! Eu fiquei aqui com a boca cheia d´água quando você falou do Bode Guizado. Eita negócio bom da peste: “Bode Guizado com Cuscuz”. Eu tô agora curioso pra conhecer esse de Dona Chiquinha, no mercado de Acary.

  2. Gosto de um cuscuz limpo ( sem estes complementos ) ,feito com flocos de milho para saborear com manteiga no café da manhã .

    • Esse formato do cuscuz bem “flocado” (estufado e almofadado) com a manteiga amarela se derretendo por cima é uma das minhas preferidas pra se degustar pela manhã: minha boca tá cheia d´água…

  3. Eta povo maldoso, botando água na boca de nós outros aqui do
    sul, sudeste e o cacete abaixo. Isso é sacanagem para os
    pobres coitados que não conhecem essas delícias do norte, nordeste.
    O máximo que conheci, quando viajei pru nordeste foi a maravilhosa
    carne de sol , feijão de corda com manteiga de garrafa e o
    inesquecível vatapá. O resto é sonho de brasileiro
    que não conheçe a comida que tem alma.

    Fazer verso assim é fácil, de joelhos em frente a Jesus na cruz
    O difícil e ouvir tanta louvação, com a boca aguada sem cuscuz

    • Eita que agora você também botou mais lenha nessa fogueira gastronômica nordestina: Falar de carne de sol, feijão de corda com manteiga de garrafa e vatapá não foi brincadeira! Agora pense num CUSCUZ com carne de sol e feijão de corda… É bom demais! Eu é que tô aqui com o bucho remexendo e a boca cheia dágua…

  4. Nessa torrente de loas ao cuzcuz, só lembro de um quadro do Chico Anysio Show em que um dos personagens convida o personagem de Chico: “Vamos comer cuzcuz?”. E ele, com toda sua genialidade, respostou no ato: “Não, vamos comer cas mãos mesmo!”. Disseram os comentaristas de televisão da época que essa resposta foi de improviso, não estava no script.

Deixe uma resposta