CORRESPONDÊNCIA RECEBIDA

Meu cumpade e Papa Berto I

De alegria em punho comunico que hasteamos bandeira em palcos do Sudeste, e foi desse jeitinho:

Um recital no Rio de Janeiro sexta passada – na sala Baden Powell em Copacabana – e agora, neste Domingo, encerrando o Festival de Inverno de Teresópolis.

E, como se tempera o porco com a gordura do próprio porco, estou de parede-meia com o Mestre Rolando Boldrin no hotel.

Já se rimo, se gostemo e aprofundemo os causos em formato de cumpade.

R. Pois se riam, se gostem e estabeleçam o compadrismo, meu estimado amigo e colunista fubânico.

Rolando Boldrin é uma extraordinária figura da cultura popular brasileira.

E fazendo parceria com você, aí é que o desmantelo fica grande mesmo!!!

Mostrasse raça nessas bandas da Nação Sudestinas, meu Poeta.

Mais um taco do território deste nosso imenso país a conhecer o teu talento.

O Brasil que apriceia o que é bom fica se rindo-se com essa parceria arretada: Jessier Quirino/Rolando Boldrin.

Os palcos do Sudeste só tem a ganhar com o fincamento dessa bandeira da Nação Nordestina que você empunha pra todo canto que vai.

Abraços e parabéns pelo sucesso!

Deixe uma resposta