CORRESPONDÊNCIA RECEBIDA

Meu Papa:

ENTRE A MOLDURA E O PASPATUR

Eis uma das salas do nosso estúdio.

Vaqueiro Quirino, na ótica de Arlindo Lacerda Filho, artista andarilho, sertanejo de Serra Talhada (óleo sobre tela 90×120).

Ao fundo, um Quirino entretido, na Arte de pirografia em madeira do amigo Estacinho, de Maceió AL.

Mimos presenteados pelos autores.

Tamborete, pilão entre xaxados & perdidos.

R. Meu Poeta, este seu recanto itabaianense está se tornando num verdadeiro Louvre nordestino.

Arretado!

Tanto o Vaqueiro Quirino, de Arlindo Larcerda, quanto o retrato em madeira de Estacinho estão geniais.

Arlindo tanto bebe quanto pinta. Tem um talento tão profundo quanto as garrafas de cana que toma.

Já faz tempo que não apareço em Itabaiana pra fuxicarmos e baixarmos o cacete na vida alheia.

O estúdio deve estar bem diferente daquela última vez em que estivemos por aí, eu, Aline e João.

Me aguarde que qualquer hora eu apareço.

Lembranças pra Doró e pra toda a prole, que agora já tem até neto.

Abraços e mais sucesso, ainda, meu Poeta!

Deixe uma resposta