JACOB FORTES – BRASÍLIA-DF

CIENTISTAS DO CLIMA

O mundo está apinhado de cientistas célebres muitos dos quais se notabilizaram não apenas pelos aprofundados trabalhos científicos alusivos ao clima da terra, mas, também, pelo esforço diuturno em alertar e preceituar medidas em prol das mudanças climáticas. Esses cientistas, pautados pela sobriedade, portanto, avessos a atitudes ruidosas, são verdadeiros apóstolos da sapiência climática a quem a humanidade convém escutar.

Agora exsurge a holmiense Greta Tthunberg, menina sem banco de faculdade (inclusive porque ainda cheira a leite materno e prepara-se para o batismo), arrastando atrás de si séquitos de louvaminheiros, inclusive da mídia mundial, que lhes fazem honras, dispostos a aceitar e abonar qualquer coisa que profira acerca do clima da terra. Inflada da importância que confere si e a compenetração de quem, pueril, acredita ser a mensageira que carrega a luz da salvação do clima, Greta se acha a legítima preceptora das mais acertadas lições de como os povos e governos devem agir para solver os problemas climáticos do planeta.

Que o modismo não tenha o condão de ofuscar o primado da ciência muito menos turvar os eminentes cientistas do clima, cujo pecado tem sido o augusto sacrifício em prol do refrescamento da Terra.

Não passam de sensaboria os encômios arrimados em causas acanhadas. Demais, conviria ao segmento midiático, demarcado pelo vezo de perlar estátuas, averiguar se algumas delas tem, ou não, os pés de barro.

9 pensou em “JACOB FORTES – BRASÍLIA-DF

  1. Ontem ela foi noticia, de novo .Viajava sentada no chão de um trem na Alemanha , voltando para casa . Ela escreveu que aquilo não lhe incomodava , mas publicou a foto e o twitter. E , enquanto ela estava sentada no chão , a sua equipe ia de primeira classe . Porque será ?

  2. O texto alcança a perfeição na última estrofe: conviria ao segmento midiático, demarcado pelo vezo de perlar estátuas, averiguar se algumas delas tem, ou não, os pés de barro.

    • Isso me faz recordar de um certo santo, que acabou em cana. Qual o nome do sujeito mesmo? Um que era torneiro mecânico. Eita que a idade está acabando com minha memória. Daqui a pouco vou esquecer de votar, mais uma vez em 2022, naquele outro rapaz que era capitão do Exército. Mamãe me acode, que minha memória está uma josta!!!!!

  3. Eu pergunto: Qual a relevância para a questão ecológica se Greta Thunberg andou de trem na Europa de primeira ou de segunda classe, sentada na poltrona ou no chão?

    Será que as pessoas não conseguem perceber que estão servindo de inocentes úteis contra as causas ambientais, mesmo declarando que são a favor dela?

    É algo do tipo de dizer que é a favor da democracia mas quer a intervenção militar.

    Em tempo: Primeira e segunda classe de trem na Europa é quase a mesma coisa, a maior parte compra segunda. Eu viajei inúmeras vezes de trem na Europa e só fui de primeira classe quando havia alguma promoção que tornasse os preços praticamente iguais. E quando viajei de primeira ou de segunda a questão ambiental não sofreu impactos.

    • Pablo, não se trata de dar ou não importância a Greta, estou tratando do fato de que ao tentar desmoralizá-la o que pretendes, mesmo, é desmoralizar o interesse pela defesa do meio ambiente, para estares de acordo com teu líder, Jair Messias Bolsonaro.

  4. Em 1212 um garoto chamado Estevão reunião milhares de jovens e desocupados e marcharam pela Europa para irem libertar Jerusalém. Depois quando marcha chegou ao mar e asim como Moisés, Estevão mandou que o mar se abrisse pois iriam a pé da Itália até Jerussalem, não deu certo, muito morreram afogados na praia, outros desistiram. Apareceram navios que levaram mais de cerca 2000 para o Egito. Chegando lá foram feitos prisioneiros e vendidos como escravos.
    Em 2019 temos a Greta falando que a crianças vão libertar o mundo, mas a maior parte que segue são jornalista, bons motivos para pegarem o navio com destino ao Egito e aprenderem como o sol é quente no deserto.
    É a história se repetindo como palhaçada que vai virar um drama.

  5. Consta que essa história de Estêvão pode ser uma velha fake news, A Verdade Está Lá Fora.
    “De acordo com os estudos dos historiadores, tiveram lugar em 1212 duas movimentações de pessoas na França e na Alemanha. Algumas semelhanças entre as duas facilitaram que fossem mais tarde agrupadas como uma única história.
    No primeiro movimento, Nicholas, um pastor de apenas 10 anos, da Alemanha, conduziu um grupo através dos Alpes até à Itália, na primavera de 1212. Cerca de 7 000 chegaram a Génova no final de agosto. No entanto, como as águas do Mediterrâneo não se afastaram para eles poderem passar como prometido, o grupo separou-se. Alguns regressaram para casa, outros poderão ter-se dirigido para Roma e outros terão viajado até Marselha onde provavelmente terão sido vendidos como escravos. Poucos conseguiram regressar a casa e nenhum chegou à Terra Santa.
    O segundo movimento foi conduzido por um “jovem pastor” de 12 anos chamado Estêvão de Cloyes que em junho de 1212 afirmou ser portador de uma carta de Jesus para o rei de França. Tendo conseguido atrair uma multidão de mais de 30 000 pessoas, dirigiu-se para Saint-Denis onde foi visto a praticar milagres. Aí, terão recebido de Filipe II de França, aconselhado pelos sábios da Universidade de Paris, ordens para dispersar, que a maioria terá seguido. Nenhuma das fontes contemporâneas aos eventos menciona planos para a multidão se dirigir a Jerusalém.
    Posteriormente os cronistas fantasiaram estes dois eventos. Investigações modernas revelaram que os participantes não eram sequer crianças. No início do século XIII, surgiram várias migrações de pobres por toda a Europa, motivadas pelas mudanças nas condições econômicas da época que forçaram muitos camponeses no norte de França e na Alemanha a vender as suas terras. Estes bandos eram chamados condescendentemente de pueri (rapaz em latim). Mais tarde as referências ao puer alemão Nicholas e ao puer francês Stephan, ambos liderando multidões em nome de Jesus, terão sido unificadas num único relato, tendo o termo pueri sido traduzido para crianças.”
    Bem, meu caro A Verdade Está Lá Fora, o fato de alguns pirralhos terem conduzido multidões e até feito milagres pode significar que Greta poderá fazer com garbo que muitos a sigam e que um grande número será eliminado pelo caminho, pelos que não querem que as questões ambientais diminuam do progresso do capital.

Deixe uma resposta para Airton Cancelar resposta