ISSO, SIM, É GOLPE!!!

Caramba! Devo ter feito muita coisa errada em minhas encarnações passadas, para ser condenado a nascer e viver em um país de merda como esse nosso Brasil varonil dos dias que correm.

Entra ano, sai ano, e nada muda!

O que temos todo o tempo são hordas sucessivas de canalhas, sempre se engalfinhando na disputa por arrancar nacos cada vez maiores de poder sobre os recursos públicos e, principalmente, para poder detonar com o dinheiro público e cagar e andar (feito vaca) em cima da opinião dos milhões de otários que lhes banca todas as esbórnias.

São verbas milionárias para projetos intermináveis e de preços sempre estratosférico; são as ajudas de custo para todos os tipos de mordomias imagináveis, tais como jatinhos executivos usados como quem pega um UBER, almoços e jantares regados a vinhos triplamente premiados e medalhões de lagosta na manteiga, são ajudas de moradia para quem já tem moradia, alguns até cedidas pelo governo, são inúmeros assessores de porra nenhuma, sempre baba-ovos e pusilânimes, sempre com salários de altos executivos; são despesas reembolsáveis para todo tipo de despesa, até de uma tapioca comprada no meio da rua, tudo isso além de salários estratosféricos e aposentadorias integrais e precoces; e por aí vai.

Nessa guerra de todos contra todos (Bellum omnium contra omnes), regredimos aceleradamente a um estágio pior que aquele anterior à civilização e descrito por Thomas Hobbes. Só que, dessa vez, a selvageria agora parte exatamente do aparato estatal que, supostamente, deveria ser o garantidor de um contrato social entre todos os cidadãos, e que evitaria aquela condição natural de selvageria.

O aspecto mais interessante do nosso caso é que, dessa vez, é exatamente a corja que se apoderou do aparato estatal que está em luta contra todo o restante da população. Se não sair uma guerra civil, com milhares desses canalhas sumariamente degolados ou fuzilados, essa merda não vai sair dessa situação pelas vias institucionais nunca! Vejam o tremendo esforço que está sendo realizado por Paulo Guedes para botar um mínimo de ordem nas contas públicas.

A liderança e o epicentro do processo de avacalhamento das nossas instituições governamentais encontram-se em algum lugar entre o Congresso Nacional e o S.T. F.

É difícil encontrar um paralelo, em toda a longa história humana, onde uma quantidade tão grande de canalhas se viu ocupando de forma tão hegemônica as posições de comando em uma nação.

Tudo começa com um babaca arrogante, da qualidade de Rodrigo Maia, digno descendente de uma longa linhagem de corruptos e com uma incomensurável arrogância, e que ainda por cima se acha apto a virar Presidente da República a qualquer preço. Isso coadjuvado por uma boiolinha mal resolvida no senado Federal. Juntos, lideraram sucessivos atos de rebeldia e canalhice por parte de uma Congresso Nacional infestado de canalhas da pior espécie que se possa imaginar.

As patifarias contra nosso país se sucedem interminavelmente, a ponto deste palhaço já estar apregoando que vivemos um parlamentarismo “Branco”, onde ele seria o real mandatário da nação. Sua estratégia de predador solerte se assemelha à adotada pelos vermes mais perigosos do mundo, como a Boa Constrictor: Vai se enroscando ao redor da vítima e vai apertando cada vez mais. É exatamente assim que este verme está tentando fazer com o governo Bolsonaro e, por via de consequência, com a nação brasileira, para que seja esmagado e caia inerte sob o seu controle. A cada movimento do Congresso Nacional, mais um anel de chantagem e de coação é enroscado ao redor do pescoço do Presidente da República.

É um processo simplesmente NOJENTO!

O pareceiro dele na sacanagem urdida é aquele baitolinha gorducho, saído lá das brenhas da fronteira norte de nosso país, e que foi eleito por um punhado de índios semianalfabetos. Foi guindado aos píncaros do poder por uma dessas ironias do destino em que nosso país é tão fértil. O cinismo atinge o ápice quando os canalhas se mostram hipocritamente escandalizados ao ouvir um general de exército, ministro do governo e com uma longa história de serviços prestados à nossa pátria, denunciar em conversa privada e com todas as letras o tipo de canalhice que está sendo praticada quotidianamente por esta malta de facínoras e traidores da pátria:

É chantagem, chantagem e mais chantagens ainda!

Ou nos deixa roubar à tripa forra, ou nós não lhes deixaremos governar esta bodega.

Quer botar o COAF aqui? Não aceitamos! Tem que botar acolá, onde não possa vir nos incomodar nas nossas gatunagens. Onde já se viu querer que esses caras possam investigar pessoas que estão acima da lei?

Quer aprovar um pacote contra os criminosos? Não aceitamos. Tem que acuar os juízes para que não venham nos encher o saco quando das ladroagens nossas de cada dia.

Quer acabar com a mamata da UNE sobre as carteiras de estudante? Não pode. Tem que continuar deixando aquele grupelho de comunistas asquerosos se locupletarem às custas dos pobres estudantes.

Quer acabar com a mamata do DPVAT? Não pode! Tem que continuar a deixar a turma do BIVAR mamar desbragadamente em cima dos motoristas brasileiros.

Fica muito difícil identificar em algum deles um mínimo resquício de ética e de decência humana.

Logo depois, e coerentemente com a estratégia de botar a boca no trombone contra tudo o que possa ser assacado contra o governo, a conversa do General é convenientemente vazada “Urbi et Orbe”, sempre a fim de denunciar o “autoritarismo” vigente entre os membros do atual governo e a anunciar hipocritamente que estão defendendo “A Democracia” para “o povo”.

Vejam na foto acima a cara de empáfia desses dois patifes que nós sustentamos a “Pão de Ló”. Isso, única e exclusivamente para que continuem tramando continuamente as punhaladas que darão nas costas da nação.

Dá para imaginar um filho da puta desses como presidente desta merda? É o fim, né?

Se juntarmos a esses canalhas a facção do STF que está lá única e exclusivamente para proteger o orifício costal de petistas e ladrões de diversos jaezes, fica então explicado limpidamente a quadra dificílima pela qual atravessa a nossa querida nação.

As únicas barreiras que temos atualmente entre a desgraceira atual e o caos completo são os nossos santos protetores, Bolsonaro, Paulo Guedes, Sérgio Moro, e tantos outros abnegados que desejam ver este nosso país se encaminhar numa direção de menos canalhice e roubalheira.

A galera do mal não perde por esperar. Sua hora chegará! Deus é justo e é pai.

A luz no fim do túnel é o General Augusto Heleno, HEROI DO POVO BRASILEIRO!

GENERAL! BOTE PRA FUDER!

NÃO DÊ MOLEZA PRA ESSE BANDO DE LADRÕES!

O POVO BRASILEIRO ESTÁ INTEIRINHO COM O SENHOR.

7 pensou em “ISSO, SIM, É GOLPE!!!

  1. estou com o general heleno e nao abro , e digo mais ponha esta corja de corruptos e criminosos que se esbaldam como congressistas para fora do congresso na ponta da baioneta , pois eles ja transgrediram a constituiçao inumeras vezes e para aproveitar a mudança dos moveis caulosos do congresso aproveita e tambem faz a faxina no covil de cumplices destes criminosos o stf , pois estes dois poderes fechados nos garantem duas excelentes coisas , um aumento estrondoso na economia o dinheiro publico espolido como impostos , e tambem agarantia de que se fara justiça neste pais , visto que nestes dois covis , cumpliciados entre si eles garantem a impunidade deles todos .

  2. Rodrigo Maia e Davi Alcolumbre, dois marginais da pesada eleitos pelo voto dos tabacudos e descerebrados dos seus estados para assaltarem a dignidade da Nação.

    Parabéns, Adônis Oliveira, pelo texto preciso, enxuto e direto, apontado para os cus desses felas da puta presidente da câmara e do senado.

  3. FFAA e Bolsonaro no poder já já. Os nossos Generais estão sendo
    muito caridosos com esses bandidos, que na verdade estão há
    muito tempo merecendo um “paredon “.
    O povo está com o Gal. Heleno.

Deixe uma resposta