WELLINGTON VICENTE - GLOSAS AO VENTO

Para quem eu tanto fiz,
Hoje eu sou um tanto faz.

Mote enviado por José Carlos Rodrigues

Como eu amei a Estela…
Foi tanta dedicação,
Mas hoje o meu coração
Recebe o desprezo dela.
Nosso quarto virou cela
(Cópia fiel de Alcatraz)
Os meus dias não têm mais
Nenhum momento feliz.
Para quem eu tanto fiz,
Hoje eu sou um tanto faz.

Dei mais do que eu podia,
Jurei um amor eterno,
Copiei no meu caderno
Tudo o que ela queria.
Sem imaginar que ia
Ter “broncas” judiciais:
Jogou-me nos tribunais
Mentindo para o juiz.
Para quem eu tanto fiz,
Hoje eu sou um tanto faz.

Tudo nos serve de escola,
A cada hora eu aprendo,
Do que fiz não me arrependo
E saudade não me assola.
Porque a minha viola
Sempre ameniza meus ais,
Seus acordes naturais
Lembram os tempos juvenis.
Para quem eu tanto fiz,
Hoje eu sou um tanto faz.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *