DEU NO JORNAL

Olive Veronesi tem 93 anos e um pedido durante a quarentena.

Esta idosa precisa… de mais cerveja.

Uma imagem da norte-americana a segurar uma lata da bebida alcoólica à janela segurando um cartaz onde se pode ler “Preciso de mais cerveja!” já é um sucesso.

Milhares de pessoas viram a imagem da mulher, que reside em Pittsburgh, no estado da Pennsylvania, após esta ter sido publicada por um meio de comunicação local.

Consta que já várias pessoas se disponibilizaram para arranjar as cervejas à animada Olive, para que o seu desejo seja cumprido e esta se mantenha segura face ao vírus.

* * *

Fiquei comovido e quase cheguei às lágrimas quando vi a foto que ilustra esta notícia aí de cima.

Já dei ordens a Chupicleide, secretária de redação desta gazeta escrota, pra pesquisar na internet uma forma de fazer contato com essa senhora.

Vou mandar uma caixa de cervejas pra ela.

E farei apenas um pedido: sempre que tomar um gole, que ela tome outro em homenagem a este Editor, em abstinência compulsória há quatro anos.

6 pensou em “IDOSA EM GRANDE SOFRIMENTO

    • Em tempos coronavíricos, de confinamento, eis um pequeno causo bebúnico, de autoria desconhecida por mim: Eu tinha lá em casa dez garrafas de cachaça, da boa. Mas minha mulher obrigou-me a joga-las fora. Peguei a primeira garrafa, bebi um copo e joguei o resto na pia. Peguei a segunda garrafa, bebi outro copo e joguei o resto na pia. Peguei a terceira garrafa bebi o resto e joguei o copo na pia. Peguei a quarta garrafa, bebi na pia e joguei o resto no copo. Pequei o quinto copo joguei a rolha na pia e bebi a garrafa. Peguei a sexta pia, bebi a garrafa e joguei o copo no resto. A sétima garrafa eu peguei no resto e bebi a pia. Peguei no copo, bebi no resto e joguei a pia na oitava garrafa. Joguei a nona pia no copo, peguei na garrafa e bebi o resto O decimo copo, eu peguei a garrafa no resto e me joguei na pia.

  1. Quatro anos, já?! Vish, parece que foi ano passado que você anunciou a abstinência, dado aquela nada agradável situação que passou, nobre Editor.
    De qualquer forma, caso a senhora acima não possa fazê-lo, ei de brindar-lhe um gole a mais em cada bebida que abrir daqui em frente. Tem outros dois brindes antes a amigos que também deixaram o “esporte” ainda antes de você, o que já me garante boas doses!
    Abraços!

Deixe uma resposta para José Weide Cancelar resposta