CORRESPONDÊNCIA RECEBIDA

Meu irmão, Roberto Negromonte Santos era fã desse jornal.

Infelizmente ele nos deixou no dia 05 de janeiro de 2018.

E agora estou vendo vocês do jornal.

Atenciosamente,

R. Meu sincero lamento pela perda do seu irmão, nosso estimado leitor Roberto Negromonte. Só agora fiquei sabendo.

Como disse Guimarães Rosa, “As pessoas não morrem: ficam encantadas“.

Roberto encantou-se mas estará sempre presente por aqui através de você.

Faça as vezes dele e continue lendo o nosso jornal.

Saiba que foi com muita satisfação que recebi sua mensagem.

Abraços e um excelente domingo.

Deixe uma resposta