CORRESPONDÊNCIA RECEBIDA

UM BANDOLIM NO CABARÉ

Este dia 3 de março de 2021 foi uma noite especial no Cabaré de Berto, com a apresentação de Pedro Henrique Berto, conhecido no mundo artístico simplesmente como Pedro Berto.

Além de falar um pouco de sua biografia e contar passagens interessantes de sua vida, encheu o Cabaré com os sons de sua música, interpretando páginas maravilhosas de autores brilhantes e inesquecíveis, como, por exemplo, o grande Waldyr Azevedo.

Pudemos nos encantar com Tico-Tico no Fubá, Delicado, Pedacinho do Céu, uma valsa de que não me recordo o nome agora, dentre outras, e fomos agraciados até mesmo com Pedro Berto cantando um samba do Toninho Gerais, uma beleza.

Bem, quem veio veio, quem não veio eu não vou contar nada, que fique chupando o dedo. O Cabaré de Berto funciona todas as quartas, a partir das sete e meia da noite, basta pegar o link no Jornal da Besta Fubana, enviado pelo Maurício Assuero ali mesmo no Jornal, não tem erro

Nesta noite tivemos para lá de 30 pessoas se acotovelando, inclusive os seguintes viventes :

O próprio Pedro Henrique Berto, é claro, porque se ele lá não estivesse lá não estaria e teríamos um fenômeno de uma presença que não compareceu, o que não houve, sendo a prova disso o que eu já disse : ele falou, cantou, tocou, comeu e bebeu sem parar.

Luiz Berto Filho, o Editor do jornaleco, estava lá também, puxando o saco do seu neto Pedro Berto, houve uma rasgação de seda de ambas as partes e o avô contou vários casos interessantes envolvendo o músico dessa noite.

E mais, anotamos:

Arthur Tavares
Aída Maria
Adônis Oliveira
Alexandre de Moraes
Carolina Dutra Salomão
Carlito Peixoto Lima
Carlos Maria Hennrichs
Edison Xavier de Brito
Edvaldo Vieira
Goiano Braga Horta
Hélio Fontes
Ivon do Sacramento
Jairo Juruna
José Eduardo Sanches
Jesus de Ritinha de Miúdo
José Oliveira
Jair Messias Bolsonaro
João Agripino da Costa Doria Júnior
Lindomar Souza
Magnovaldo Santos
Mercedita (homenageada neste vídeo)
Maurício Assuero
Maurino Júnior
Margo Passion (na foto contida neste link é a da direita)
Neto Feitosa
Nonato
Patrícia Luis
Rodrigo Buenaventdura de Léon
Sérgio Marchio
Terezinha Dias de Araújo
Violante Pereira Pimentel
Wilton Carvalho de Mendonça

E mais uma porrada de gente que não assinou a lista.

Quem ficou até o final pôde saber em conversa de pé de ouvido, da boca do próprio, a confissão de que Maurício Assuero frequentou uma cadeia em liberdade. Parece uma maluquice: ele passou um ano em um presídio que fica na Liberdade, o que cria esses mal entendidos.

Acabou.

R. Pois é, meu caro, esse vovô babão ficou ancho que só a peste com a apresentação do seu neto ontem, no nosso cabaré.

O diretor e administrador desta egrégia instituição cabarelística, o fubânico Maurício Assuero, quase me matou de susto: só na hora que começou o encontro é que me dei conta de que era ele, Pedro Henrique Berto, quem iria se apresentar.

O sacana não avisou nada antes e, na mensagem que foi postada ontem sobre o evento,  disse apenas que “por força de contrato de “excrusividade” com uma grande rede de televisão, ele não pode ter seu nome divulgado”.

De modo que, quando Pedro apareceu na tela, eu quase se obrei-me nas calças!

Uma surpresa da porra!

Bom, o fato é que fiquei muito feliz com a nossa noitada.

E, fechando esta postagem, dois vídeos como este neto que puxou ao avô em talento, beleza e modéstia.

Boa música brasileira para alegrar a nossa quinta-feira.

Semana que vem tem mais!!!!


11 pensou em “GOIANO BRAGA HORTA – PETRÓPOLIS-RJ

  1. Eu também ficaria orgulhoso, Berto, de possuir um neto com tamanho talento musical. E ele até guarda alguns traços do editor-chefe desta Gazeta Escrota. Parabéns!

  2. Esqueci de comentar que, por unanimidade dos votos dos leitores da coluna de Goiano e segundo.Maurini Júnior, ele foi vencedor do concurso da tatuagem. Agora, basta agendar com Adônis para receber o prêmio, com o devido registro de Neto Feitosa

  3. Faltei por motivo de força maior.
    Consegui tomar a danada da vacina contra o Covid-19 e isto me deu uma reação, natural, como dizem os médicos, inclusive uma de minhas netas, na reta final do curso de Medicina, que me fez sentir uma como se tivesse tomado um bom porre de Conhaque de Alcatrão de São João da Barra.
    Fiquei mofino por pouco mais de um dia, mas retorno agora bem disposto.
    Só não estou dando salto solto, como fazia nos bons tempos.
    Abraço a todos.

  4. Uma noite inesquecível, Luiz Berto!.
    Um presente valioso para você, este avô extremado, e para quem teve a felicidade de assistir a brilhante apresentação de Pedro Berto, ao bandolim! .
    Parabéns para Pedro Berto, grande músico, além de ter abraçado a belíssima carreira militar.. E parabéns para você, pela família linda e talentosa que formou.

    Um grande abraço de regozijo e agradecimento, por termos usufruído desse grande presente!.

  5. Além de apreciar os dotes artísticos do Pedro Berto, fomos surpreendidos com a cantoria do avô, que mostrou bom timbre, afinação e ritmo quando entoou uma música para ilustrar algo que dizia.
    Outra surpresa foi a presença, real, do ministro do STF à apresentação.

Deixe uma resposta