A PALAVRA DO EDITOR

Recebi hoje um i-meiu com uma mensagem que me deixou muito feliz.

A mensagem foi esta aqui:

A mesma mensagem dizia que eu violei as “regras de conduta” do Twitter.

E qual a regra violada?

É que eu agi com uma “conduta de propagação de ódio“, conforme está lá escrito.

E que ódio foi este?

Foi tirar sarro com um baitola por conta de sua “orientação sexual, sexo, identidade de gênero“, entre um monte de outros itens.

Enfim, meu bloqueio foi efetuado por conta de gozações que fiz com um xibungo. (atenção, gente: “gozações” e não “gozo”…)

E quem é este frango que pediu o meu bloqueio?

Vejam só quem é o xibungo vingador, olhando as “provas” que vieram junto com a mensagem do Twitter:

Pois é, gente!

Foi ele mesmo!

O doador de furico Reinaldo Azevedo, um zisquerdóide idiota que faz oposição ao atual governo e que se passa por “jornalista”, pediu meu bloqueio no Twitter.

Pediu e obteve.

Fui vitima de heterofobia por parte de um viado!!!

Estou de quarentena por meio dia. Tá escrito lá:

“As funcionalidades da sua conta serão totalmente restauradas em: 12 horas e 0 minuto.”

De modo que meus seguidores no Twitter tenham paciência e me aguardem.

Amanhã estarei de volta por lá.

“Este jornaleco e seu Editor são horríveis. E, além disso, a pajaraca de Polodoro é muito pequena pro meu gosto. Afe!!!!”

O fato é que este bloqueio pedido por Reinaldo Azevedo foi uma distinção arretada,

Mais um honroso item pra minha folha  corrida.

Agora, eu quero ver é se ele consegue me bloquear aqui nesta gazeta escrota, me proibindo de falar dele e do seu desmunhecamento.

Aí eu vou dizer que ele é macho mesmo!!!

É mais um fácil um elefante sair avuando pelos ares do que eu entrar nesta viadagem do “políticamente correto”.

Argh!!!

Deixe uma resposta