RODRIGO CONSTANTINO

Qualquer brasileiro que não esteja hibernando como os ursos já percebeu que há uma crise institucional em nosso país, e que ela tem ligação direta com o ativismo persecutório de alguns ministros supremos.

O abuso de poder salta aos olhos, em que pese muitos se fazendo de cego pois o alvo é bolsonarista. Quem tem apreço pelas instituições republicanas, porém, deve condenar isso. Qual o mecanismo legal para conter esse ímpeto golpista?

Cada vez mais gente menciona o artigo 142 da Constituição Federal. Se até o renomado jurista Ives Gandra Martins fala nele com naturalidade, é compreensível que o povo, indignado com os abusos supremos, clame por uma intervenção militar para restabelecer a lei e a ordem em nosso país.

Durante a entrevista com o general Augusto Heleno no Direto ao Ponto, da Jovem Pan, os entrevistadores ficaram cerca de vinte minutos batendo nessa tecla, tentando entender como seria a execução na prática, qual entendimento o ministro do GSI tinha dessa função etc. Heleno foi sereno, apaziguador dentro do possível, mas firme na mensagem: se o artigo está na Constituição, então ele serve como poder moderador sim. Não foi colocado lá à toa.

Tudo isso mostra como a crise escalou. Antibolsonaristas, com abrigo na mídia, colocam a culpa no presidente. Boa parte da população, contudo, responsabiliza o STF pela situação, por ter esticado a corda até arrebenta-la. Será que não há mais volta? Será que só os militares podem resolver o problema, com todos os riscos que isso envolve?

Não sei dizer. Só sei que sempre será traumático demais convocar as Forças Armadas para colocar ordem na bagunça política. Isso tem custos elevados. Mas como, então, colocar o STF no seu devido lugar, retirando-lhe esse papel lamentável de partido de oposição? Eis a questão! E só vejo uma forma, antes de imaginar o pior: o Senado cumprir seu papel.

Senadores com rabo preso e foro privilegiado formam uma combinação explosiva: só eles podem julgar processos de impeachment de ministros do Supremo, que por sua vez são os que julgam os inquéritos dos parlamentares. Forma-se uma bolha em que ninguém solta a mão de ninguém, uns protegendo os outros. E o povo paga o pato.

O que o povo pode fazer, portanto, é colocar tamanha pressão no Senado que não seja possível ignora-la. É aí que entra a manifestação do dia 7 de setembro. Ela tende a representar um desabafo geral de quem está enxergando esse ativismo abusivo, mas deveria ter uma pauta única para demonstrar mais força, sem dispersar energias. E essa pauta tem que ser a pressão em Rodrigo Pacheco, presidente do Senado, para levar a plenário os pedidos (embasados) de impeachment de alguns dos ministros supremos.

Somente isso pode efetivamente colocar freios nesses abusos, tudo dentro das quatro linhas da Constituição, como prega o presidente. O senador pode fingir que não viu a multidão, claro, com o apoio da imprensa partidária. Mas todos saberão o tamanho do problema de abafar a voz das ruas. Aí sim, se o establishment seguir com suas decisões arbitrárias, provocando uma ruptura institucional, ela poderá ser mesmo inevitável. Só que com uma legitimidade bem maior.

Está bem evidente que alguns desejam essa ruptura partindo de Bolsonaro, para sua profecia autorrealizável. Querem colocar em Bolsonaro a pecha de autoritário e golpista. Cabe ao presidente resistir a esta tentação e aguardar até o limite do possível, exacerbando de onde vem realmente a ruptura. Até lá, o povo tem essa missão patriótica: escancarar que não vai se submeter a uma ditadura de toga, e reforçar que a bola está no pé de Pacheco. Cabe a ele chutar a gol.

4 pensou em “FOCO NO DIA 7: PRESSÃO NO PACHECO!

  1. E daí ???
    Leva a plenario e os FDPs votam contra o impeachement…… e aí ??!!!

    Contra metralhadoras nao adianta lutar com canivete …. só na porrada e com os canhões.

    Não é somente a corja do STF, TSE, STJ, mas, e principalmente, o congresso e a imprensa lixo.

    O STM – Supremo Tribunal Militar – pode “resolver” todos estes casos de canalhice contra a constituição.

    Começar de novo…..

    Não é possível mudar o passado mas é possível recomeçar no presente, pois é no futuro que vamos viver

    ANTES TARDE DO QUE MAIS TARDE

  2. Limpar aí, não sei se verídico ou não, Rodrigo Pacheco e seus associados estão para receber uma fábula 8 bilhões de reais da causa de Brumadinho que está esperando aval do STF. Com esse incentivo ele vai encaminhar algo contra algum ministro??? Acho que não. Com o STE nas mãos do Alexandre. Podemos dar adeus a reeleição de Bolsonaro. Deputados e senadores “amigos” serão eleitos mesmo que não tenham tido votos dos parentes..

  3. NA VIDA DE CADA UM DE NÓS, VOLTA E MEIA, A GENTE SE TOPA COM UM MEDÍOCRE QUE – CONSCIENTE DA SUA INCURÁVEL MEDIOCRIDADE – NÃO SABE FAZER OUTRA COISA ALÉM DO QUE (SEMPRE E POR QUALQUER COISA) QUERER SE IMPOR.

    PARA TAL INTENTO, AGE – SEMPRE – FAZENDO O QUE SE CHAMA DE “JOGO-SUJO”.

    O PIOR DE TODOS É O QUE – SABE-SE LÁ OU NÃO PORQUE MEIOS ESCUSOS E/OU INCONFESSÁVEIS – QUER CONSEGUIR OU JÁ CONSEGUIU ALGUMA “OTORIDADE”.

    E AI – COMO DIZ O SEMPRE ATUAL E SÁBIO DITADO:

    “QUER CONHECER O VILÃO, DÁ-LHE O BASTÃO”.

    E COM ESSES BAGACEIROS – COMO SE DIZ NO MEU ALEGRETE (RS) – FAZER O QUÊ???

    É MUITO SIMPLES:

    1º – TENTAR RESOLVER COM EDUCAÇÃO E/OU RESPEITO E/OU CONVERSA E/OU COM QUALQUER RESQUÍCIO DE CIVILIDADE, PARA ELES/ELAS É DEMONSTRAÇÃO DE FRAQUEZA, E OS/AS INCENTIVARÁ A AGIR PIOR AINDA;

    2º – PORTANTO, COM BAGACEIROS TEM-SE DE SER OU IGUAL OU MAIS BAGACEIRO AINDA, POIS É A ÚNICA LINGUAGEM QUE ENTENDEM E QUE OS/AS FAZ RECUAR OU PARAR.

    ISSO A GENTE APRENDIA JÁ DENTRO DE CASA.

    COMETEU ALGUMA FALTA, A MÃE OU A RESPONSÁVEL ERA CAMPEÃ OLÍMPICA EM LANÇAMENTO OU TIRO-AO-ALVO DE CHINELO OU QUALQUER COISA A MÃO.

    E NÃO ADIANTAVA FUGIR, POIS A MESMA ERA TAMBÉM CAMPEÃ EM CORRIDAS (INCLUSIVE COM OBSTÁCULOS E MARATONAS) E SALTOS (EM ALTURA E DISTÂNCIA).

    MESMO QUE A GENTE – POR UM MILAGRE SE ESCAPASSE – O “TE-PEGO-DEPOIS” ACONTECIA, POIS SE TINHA DE VOLTAR, EM ALGUM MOMENTO, PARA CASA.

    ENTÃO O CÉU VINHA ABAIXO E AS PORTAS DO INFERNO SE ABRIAM – POIS A JUÍZA DA VARA (OU DA CHINELA, OU DA CINTA, OU DE ASSEMELHADOS) DA INFÂNCIA E ADOLESCÊNCIA SABIA APLICAR A PENA JUSTA.

    ISSO – AINDA BEM – SE O PAI OU RESPONSÁVEL – VOLTANDO DO TRABALHO – NÃO FICASSE SABENDO DO TAL “CRIME”.

    OU ENTÃO: CRUZ, CREDO, AVE-MARIA!!!

    E A GENTE CRESCIA – SEM TRAUMAS ALGUNS, AO CONTRÁRIO DOS MIMIZENTOS DE HOJE – MUITO BEM EDUCADOS, DE BEM COM A VIDA E RESPEITADORES.

    QUALQUER COISA, BASTAVA UM OLHAR PARA CIMA DA GENTE E NÓS SABÍAMOS NOS PÔR NO NOSSO LUGAR.

    AO NOSSO APRENDIZADO DE CASA SOMAVA-SE AS HISTÓRIAS E CAUSOS OUVIDOS NOS GALPÕES, E/OU NAS REUNIÕES E/OU FESTAS – DE FAMÍLIA, E/OU DA/NA ESCOLA, E/OU COMUNITÁRIAS.

    ERA A LEI DE TALIÃO ADAPTADA OU PURA FUNCIONANDO – QUE NENHUM (JÁ “TALUDO”) ESCAPAVA:

    1º – FALTA DE RESPEITO: UMA SOVA OU “SUMANTA” DE “PLANCHAÇOS” DE FACÃO OU ADAGA, OU DE RELHO OU DE TRANÇADO DE OITO, QUE “ABRIAM VALETAS NO COURO” DO DESRESPEITOSO;

    2º – FURTO E/OU ROUBO: INUTILIZAÇÃO DOS TENDÕES DAS MÃOS E DOS JOELHOS À PONTA DE ADAGA OU BALAÇO.
    NUNCA MAIS SAIRIA DE CASA E NEM USARIA AS MÃOS.
    ALIÁS, UMA DAS PRIMEIRAS “LEIS” QUE A GENTE APRENDIA ERA:
    “O QUE É TEU É TEU; O QUE É DOS OUTROS É DOS OUTROS”.
    MESMO SE FOSSE ACHADO, NÃO IMPORTANDO O VALOR DO ACHADO, TÍNHAMOS QUE DESCOBRIR O DONO PARA DEVOLVÊ-LO.
    E SE NOS FOSSE DADO OU DOADO, PROVARMOS POR QUEM E O PORQUÊ.
    SE NÃO…

    3º – ABUSO SEXUAL, PEDOFILIA OU ESTUPRO: SIMPLESMENTE, “CAPAVAM”, ISTO É, CORTAVAM FORA OS TESTÍCULOS DO TARADO E O DEIXAVAM SE ESVAINDO EM SANGUE PARA MORRER.
    E SE O CANDIDATO A TARADO, MESMO NÃO COMETENDO ESSES CRIMES, MAS CONTINUASSE A “SE PASSAR”, SE CAÍSSE NA “BOCA DO POVO”, DEVERIA SE “SUMIR NO MUNDO”, POIS SE FOSSE PEGO, “CAPAVAM ELE” TAMBÉM.

    E A POLÍCIA NÃO EXISTIA OU NÃO AGIA?

    NORMALMENTE, ELA IGNORAVA OS 3 FATOS CITADOS POIS, SE CHEGASSEM A SER PRESOS, NO JULGAMENTO, OS JURADOS INEVITAVELMENTE OS ABSOLVERIAM.

    ATÉ O FATO DE ALGUÉM MATAR ALGUÉM PODIA SER PERDOADO, POIS PODERIA TER AGIDO EM LEGÍTIMA DEFESA.

    MAS O DE FALTA DE RESPEITO, O DE ROUBAR OU FURTAR, O DE “SE PASSAR” OU CONSUMAR O ABUSO, QUALQUER UM DELES ERA IMPERDOÁVEL.

    ASSIM, AMPARADA NESSAS “LEIS”, EM QUALQUER CONJUNTO FAMILIAR E/OU POPULACIONAL, DESDE EM UM SIMPLES RANCHO PERDIDO NO MEIO DUM CAMPO A UMA ALDEIA REMOTA OU A UMA CIDADE, ERA UMA TRANQÜILIDADE PERMANENTE PARA MORAR E VIVER.

    AÍ, COM A CANALHA CANHOTA, CHEGARAM “OS DIREITOS DO MANOS”.

    E POR ISSO, OU NÓS, ORDEIROS – A MAIORIA ABSOLUTA DA POPULAÇÃO BRASILEIRA – REAGIMOS À ALTURA, ISTO É, REPETINDO:

    “COM BAGACEIROS, SEJAMOS AINDA MAIS BAGACEIROS”.

    OU, ENTÃO, NUNCA MAIS TEREMOS CHANCES DE DERROTÁ-LOS, EM DEFINITIVO.

    POIS,

    SE A ANARQUIA TOMOU CONTA DA JUSTIÇA, COM OS URUBUS TOGADOS DO STF – QUE DEVERIAM REGER-SE PELA CONSTITUIÇÃO FEDERAL E DEFENDÊ-LA – SÃO OS PRIMEIROS A, TOTAL E DITATORIALMENTE, IGNORÁ-LA E AGIR SEM QUAISQUER FREIOS LEGAIS,

    SE OS CONGRESSISTAS QUE – COMO NOSSOS REPRESENTANTES LEGAIS – DEVERIAM PÔR UM FREIO NO STF, ESTÃO TOTALMENTE ACOVARDADOS E SUBMISSOS A ELE,

    ESTAMOS ESPERANDO O QUÊ???

    UMA GUERRA CIVIL FOMENTADA PELA SEMPRE CANALHA, CRIMINOSA E APÁTRIDA ESQUERDALHA QUE – DIUTURNAMENTE – FICA TESTANDO E USURPANDO O TERRENO DEMOCRÁTICO, E, SEM REAÇÕES CONTRÁRIAS, CADA VEZ AVANÇA MAIS E MAIS, ATÉ QUE VAI SE APODERAR, LITERALMENTE, DE TUDO, CORPOS E MENTES, COM UM PODER ABSOLUTO – QUE É A SUA ÚNICA META???

    E EU, QUE NOS MEUS 77 PRA 78 ANOS – SE DEUS ME PERMITIR – ME CRIEI OUVINDO AS HISTÓRIAS DAS REVOLUÇÕES (QUE ENSANGÜENTARAM O SOLO GAÚCHO E SULISTA) CONTRA OS DITADORES DE PLANTÃO, NÃO CONSIGO ENTENDER ONDE ESTÃO OS IMITADORES ATUAIS DOS REVOLUCIONÁRIOS DAQUELA ÉPOCA, QUE FAZIAM – HEROICAMENTE – JUS AO HINO RIOGRANDENSE, QUE TODOS NÓS, GAÚCHOS, CONHECEMOS E QUE EM UM DOS TRECHOS DIZ:

    “MAS NÃO BASTA, PR’A SER LIVRE,
    SER FORTE, AGUERRIDO E BRAVO;
    POVO QUE NÃO TEM VIRTUDE,
    ACABA POR SER ESCRAVO.”

    QUANDO PENSO EM MEU FINADO PAI QUE – EM 1923, COM APENAS 18/19 ANOS – UNIU-SE ÀS TROPAS DE HONÓRIO LEMES (CONHECIDO COMO O “LEÃO DO CAVERÁ” – VIDE GOOGLE) PARA COMBATER O CORRUPTO E DITATORIAL GOVERNO DE BORGES DE MEDEIROS, DEFENDENDO O LEMA DE SEU CHEFE REVOLUCIONÁRIO :

    “QUERO LEIS QUE GOVERNEM HOMENS E NÃO HOMENS QUE GOVERNEM LEIS”

    LEMA ESTE QUE DEVERIA ESTAR GRAVADO NO ESCRITÓRIO DE TODA AUTORIDADE E, INDELÉVEL E PERMANENTE, NA MENTE DE CADA HOMEM PÚBLICO, ME PERGUNTO:

    “ONDE SE ESCONDEU OU SE PERDEU A CORAGEM E A VIRTUDE INATAS QUE MOVIAM OS HOMENS DE ANTIGAMENTE, NA SUA LUTA INTRANSIGENTE E INEGOCIÁVEL PELA HONRA E LIBERDADE?”

    OU, PARAFRASEANDO CÍCERO:

    “QUOUSQUE TANDEM, STF, ABUTERE PATIENTIA NOSTRA?”,

    ISTO É,

    “ATÉ QUANDO, STF, ABUSARÁS DA NOSSA PACIÊNCIA?”.

  4. Este Congresso com senadores e deputados carregados de processos não representam o Povo e sim os seus interesses mais aviltantes.
    Enquanto for permitido eleger representantes do Povo sem ficha limpa, sem nenhum processo em qq. instância, julgados ou não, iremos nos tornar reféns destes bandidos transvestidos de políticos.
    Está na hora de aplicar o art. 142 e fazer uma faxina geral no judiciário e no congresso.
    Caso contrário, vamos ficar patinando no molhado e pagando a conta de salários e benesses à todos estes fulanos que, definitivamente não representam com o mínimo de dignidade o Povo Brasileiro.
    São todos coniventes e mercenários: não dão a mínima para o Povo, só na época de eleições, fazem afagos à população com promessas vãs, nunca realizadas e, compram suas eleições, via mercadores SmartMatic da urna.

Deixe uma resposta