JOSÉ RAMOS - ENXUGANDOGELO

Luzes iluminando a Terra

Palavras têm significados mil. Mas, o que vale mais é o significado que queremos dar. Para sair das trevas, qualquer pessoa ou objeto precisa de luz. Ainda que tênue, mas, luz.

Condenar à escuridão é impedir o direito de sair das trevas. O arado ou o trator, qualquer um, impede que o grão saia das trevas, aterrando-o na germinação. A semelhança é voraz, e pertinente ao aborto. Em gestação, ao bebê é negado o direito de sair das trevas para sorrir ou chorar com a luminosidade da vida, também chamada de luz. A mãe, ao dar à luz, tira o bebê das trevas. É legal ou humano negar a luz para quem está nas trevas?

Assim, também, ensinar à quem não sabe e quer aprender, é mostrar a luz. A luz a que todos e qualquer um têm direito. A luz do saber. O direito de sair das trevas do desconhecimento, da ignorância.

Uma nova vida ainda nas trevas

Não lembro mais onde li: “…. na construção do mundo, quando tudo ainda era trevas, Deus, na sua onipotência, criou a luz, dizendo: faça-se a luz!

E assim a luz foi feita, e tudo ficou claro”. Também não sei “quem soube disso” primeiro, já que não existia nada além das trevas e do mundo que estava sendo criado. Mas, em Deus eu acredito e acreditarei sempre. Deus é a própria esperança e Fé.

Da mesma forma, também não sei de onde viemos, a não ser que somos gerados no ventre de uma mulher (essa, também segundo os ensinamentos religiosos, criado por Deus, o Onipotente, a partir de uma das costelas do homem – também não sei quem viu isso para registrar. É o ensinamento da Fé.)

Há quem diga (e eu mesmo já repeti isso várias vezes) que viemos do barro, e para lá voltaremos. É um raciocínio lógico, principalmente após a morte.

Entretanto, por mais que se aproxime do mais provável início da vida de todas as espécies, incluindo a espécie humana, a ciência jamais terá o crédito do que seja realmente verdadeiro. Afinal, somos a evolução do espermatozoide, somos um transformação do macaco ou somos bonecos feitos do barro.

Se assim for, palmas para o Mestre Vitalino (Vitalino Pereira dos Santos) que fez milhares de “gente e animais” sem precisar produzir espermatozoide – e nem lhe cobraram “espermograma”. Seria Vitalino apenas um Mestre, ou um novo Deus?

Assim, raciocinemos: claro que o caminho mais curto e próximo da verdade é o caminho da Fé. A Fé em Deus, e na sua extrema bondade, ao criar o homem e todos os seres vivos da Terra.

Pois, se Deus criou a luz, tirando das trevas o universo e tudo que existe, por que transgredimos e nos arvoramos do direito de optar pela manutenção de humanos nas trevas. É. Nas trevas da placenta, e os condenamos eternamente às trevas, quando discutimos e aprovamos o aborto?

Ainda que nos casos de violência (estupro) ou malformação genética e reprodutiva, por que “aprovar o aborto” e não entender a cessação do sofrimento e da dor, aprovando a eutanásia?

Haverá sempre alguém que se atreverá à responder: apenas à Deus cabe o destino da vida das pessoas. É mesmo? E o aborto, quem recebeu procuração de Deus, o Onipotente?

Será que, aprovando o aborto, estamos também aprovando o não nascimento e proliferação do grupo sem caráter, do grupo que se alimenta do ódio e procura multiplicá-lo?

Não sei. Se você sabe me explique. Mas, aproveite e desenhe, para meu melhor entendimento e aceitação.

Aproveite e me convença: “por que os velhos morrem”? Claro que eu sei que não apenas os velhos morrem.

Velhice a caminho de volta às trevas

10 pensou em “FAÇA-SE A LUZ! (DISSE DEUS) E, LOGO, AS TREVAS FORAM ILUMINADAS

  1. Zé Ramos, você está depurando sentimentos em palavras belas…. a linguagem, de modo geral, não precisa de articulação vocal. Quem não percebeu aquele olhar atravessado dos pais dizendo tudo? Palavras tem significado, mas me diga o seguinte: qual o significado da feiura de Maurino?

    • Kkkkkkkkkkk Assuero, você tá bulindo com marimbondo! Mas, como Maurino é meu amigo de longas datas, desde quando mudamos para a estrela Sírius e de lá observamos quem tá bulindo cagente, eu responderia que, com todos respeito ao nosso amigo, acho que é porque ele vive chupando limão ou comendo tamarindo. Só pode!
      Maurino “feio” um beijo de língua, querido!

  2. 😝 😂 😂 😂 😂 Issé uma fulerage do carai! 😜 😜 Vocês tão querêno arrumar um bucho, é??? 🤣 🤣 🤣 🤣 🤣 🤣 🤣 🤣

  3. Nóis quer que tu fique só um pôquim bunitim, visse! Mesmo chupando limão ou comendo tamarindo…

    O texto é belíssimo, o Zé é mestre e ao Maurino apenas digo que quem ama o feio, bonito lhe parece. Como Zé disse que te amamos (Maurino, é que nós te amamos, cara!), ENTÃO és bunitim à moda cabaré (a beleza está no bolso do freguês).

    Abração de Sancho para essa gente de alma linda (Assuero, Zé e Maurino).

    • Sancho, obrigado irmão. Você joga em qualquer posição desse nosso time. E é titular, ainda que esteja acompanhado de Mercedita! A famosa Maria Chuteira do cabaré do Berto.

  4. Essa autorização para ASSASSINAR as crianças ainda ainda em crescimento
    no útero, é de uma estupidez gigantesca e amoral.
    Toda mulher que pratica o aborto é uma assassina que não merece perdão
    e pode estar certa um dia virá a cobrança, sendo ainda nesta ou em outra
    encarnação.
    Deus nunca deu permissão para esses assassinatos estupidos . Quem matou um ser em gestação , pratica o mesmo crime que uma mão assassinando o próprio filho com um punhal sangrento.
    Deus é imenso, é só amor e generosidade e jamais concordaria em apunhalar um de seus filhos,
    para ficar livre e continuar a se esfregar nos homens, sem aceitar as consequências.
    Os animais são mais sensíveis, mais inteligentes, mais cordatos. Alguém já ouviu
    falar de um animal que tenha provocado instintivamente um aborto ?
    Não só a mulher grávida e responsável, também as parteiras aborteiras, os
    médicos, enfermeiras etc.. todos ficam com uma dívida à pagar.

    Não peço a Deus que perdoe essas assassinas, pois não merecem perdão.

Deixe uma resposta