A PALAVRA DO EDITOR

A resposta que o colunista fubânico José Nêumanne deu ao capa-preta Marco Aurélio Mello, primo do corrupto Fernando Color de Mello, nunca foi tão atual.

Relembremos:

Deixe uma resposta