57 pensou em “ESSE SÓ FALA A VERDADE

  1. Isso é uma filhodaputagem . O cara pega um trecho de 20″ segundos de uma resposta que não se sabe a pergunta pra dizer que o Moro mentiu .
    Põe logo #LulaLivre
    e depois reclamam da Globo .

  2. As máscaras estão caindo.

    Moro de agora fala a verdade ou era o outro Moro?

    Não importa a pergunta feita no programa, aquele Moro disse que nunca houve interferência do PR na PF.

    Pode-se argumentar que agora é que houve, uma vez que se divulgou o print do Antagonista em que o PR quis saber o que era aquela história de 12 deputados federais Bolsonaristas estarem sendo investigados pela PF.

    Moro respondeu que o inquérito era do STF, era sigiloso, que ele não poderia interferir, e blá, blá, blá.

    A pergunta que fica é: Se era isso tudo, como que o Antagonista sabia dos detalhes da investigação?

    O que nos leva a outra pergunta: Como que O Antagonista sabia de tudo o que iria acontecer em detalhes desde quinta e pautou a imprensa?

    São perguntas legítimas ew se forem respondidas adequadamente, fará que as máscaras sejam retiradas

    • Como não importa ?
      Porquê então reclamam que a Globo manipula ?
      A manipulação só serve para um lado ?
      O Antagonista que era bom , quando mudou ficou ruim e agora ficou bom de novo ?
      Você quer ser acusado e não ter o direito a sua versão ? Só o Bolsonaro pode ter a versão dele ?

      • A pergunta provavelmente era se JB fazia interferência no trabalho de combate à corrupção do Moro, dada a resposta.

        Ou seria outra? Responda v., Airton.

        • Não sei .Teria que buscar nos arquivos do Roda Viva . Só que a discussão não é essa , e sim , a manipulação .
          Quem não aceita a manipulação da mídia , não pode agir igual .
          E como venho insistindo , vocês estão validando a tese do #LulaLivre
          e que a Galega era o cavalo de Tróia no governo e na vida desse homem honesto .

          • Airton, eu não estou validando nada.

            Apenas penso e faço questionamentos válidos e os quais não obtive nenhuma resposta convincente.

            Também não tenho bandido, nem herói (não mais, infelizmente) de estimação.

            • A resposta está no comentário do Fernando .
              E quando digo que estão validando , é por ler comentários tipo :” … eu não estou a venda , mas uma pensão para família vai bem ” .
              Caralho , o cara abre mão de 22 anos de magistratura , uma vida maior do que a que o filho da puta que fez o comentário , para mexer com chefes do PCC ,do Comando Vermelho e se morrer a família fica sem amparo ?

        • Conversa de imbecil é foda.

          Este programa faz uma caralhada de tempo e mostra a lealdade de
          Moro apesar das divergencias óbvias.

          O Moro saiu AGORA (23/04/2020) porque JB queria substituir seu homem de confiança sem motivo, apenas para poder manipulá-lo e Moro não concordou. Simples assim.

          AGORA, BolsoPTistas querem nos convencer que Moro é incompetente, desonesto, desleal ….. e que JB, apesar de Wal, os filhos fenomenos em negócios, Queiroz, Cheque na conta da Michelle ( que é uma gracinha ), Onyx e seu caixa 2, os laranjas do partido está sendo VERDADEIRO..

          Petistas e Bolsonaristas acreditam em Lulla e Bollsonaro respectivamente……..

          Eu acredito em Moro ….. e independente desta escolha quem vai se fuder novamente somos nós brasileiros que trabalham e pagam impostos para sustentar estes canalhas do funcionalismo público. (Executivo, Legislativo e principalmente os cafajestes do STF )

          • Caro Artur,

            Sua afirmativa de que Bolsonaro “queria substituir seu homem de confiança, sem motivo, apenas para poder manipulá-lo”
            É UMA SUPOSIÇÃO GROSSEIRA, EXTREMAMENTE GRAVE, E SEM FUNDAMENTO NOS FATOS!

            Moro achou que era isso, só porque ficou melindrado do Presidente querer mexer nos seus domínios, que teria recebido de “porteira fechada”, razão pela qual achou que poderia manter o PRESIDENTE DA REPÚBLICA eternamente na inocência e no escuro.

            As coisas não funcionam assim!

            Cada um acredita no que quiser! Só que você está baseando uma acusação gravíssima em suposição sem fundamento.

            • Que porteira fechada é essa onde só se tem um indicado ? E quando esse indicado lhe é retirado ele tem que engolir ?
              Bolsonaro disse : ” Moro , em novembro … ” , então porquê não o demitiu em novembro tendo uma prova clara de que Moro é um corrupto e que só pensa naquilo ( e não é uma buceta ) .

              • Pra mim o maior problema é esse:

                Se o Moro é um traste que só pensava na vaga do STF, porque iria perder tudo por causa de um subordinado (que, segundo a narrativa oficial, pediu para sair).

                Se o Moro não é um traste que só pensava na vaga do STF, porque falar disso agora, se não falou nem agiu na época?

                O nome do próximo ministro dará uma pista sobre os motivos desta história toda.

  3. Jamais me arrependerei de ter votado em Bolsonaro. Mas ele me decepcionou um pouco a cada dia de seu governo, não pelo que fez, mas pelo que deixou de fazer. Ele poderia ter mudado o Brasil em quase tudo, inclusive na questão ideológica, se tivesse tido mais compostura e serenidade. Quanto a Moro, ele disse naquela entrevista que nunca houve interferência do Presidente no seu trabalho. E disse ontem que Bolsonaro TINHA DESEJO DE INTERFERIR, o que poderia se consumar com a troca do chefe da PF, As duas respostas são verdadeiras. Moro não faltou com a verdade.E Moro sempre mostrou ser um homem digno, de princípios e de honra. Só Deus e ele podem saber quantos sapos engoliu durante sua gestão. Saiu da pasta maior do que entrou. E tentar desqualificá-lo agora, é fazer o mesmo que a esquerda sempre fez. Lamentavelmente as análises que leio sobre o caso, de parte de quem defende cegamente o Presidente, são idênticas as usadas pelo lulopetismo para justificar seu partido, suas ações e seu líder.. O caminho não é esse.

    • Concordo plenamente .
      Bolsonaro nunca se meteu em enrascada por defender valores do povo e sempre se meteu ao defender os valores dos filhos .
      Não precisava entrar no circuito da rachadinha , não mexendo no COAF e na administração da PF do RJ .
      Deveria ter apoiado o pacote anticrime , mas como seu filho foi contra , achou bom o juiz de garantias e não se prender após a 2ª estância
      E agora com o processo do STF .
      Os filhos fazem merda e ele limpa .
      E agora com 24 pedidos de impedimento , deu a cabeça do Moro em troca de apoio .

    • Realmente as duas respostas são verdadeiras, porém quando se acusa que JB tinha o DESEJO de interferir, se está inferindo a uma pessoa um crime antes de se ter cometido.

      Isso é muito grave.

      • Como é grave ele dizer que Moro barganhava a PF por cargo no STF ( que já se sabe , de a muito tempo , que não teria a menor chance .A indicação seria de amigo do Tófolli
        Bolsonaro preferiu brigar com o Moro do que com Tofoli . Vide COAF

      • Desculpe, João, mas quando se afirma que alguém DISSE que queria fazer alguma coisa, isso significa exatamente isso: que alguém DISSE que queria fazer alguma coisa.

        Afirmar que alguém disse alguma coisa não é “inferir crime”, porque falar nunca foi crime.

        A oposição e a imprensa não sabem a diferença, e pelo jeito os fanáticos do Bolsonaro também não.

        Vou repetir: Sérgio Moro afirmou que o presidente, em uma reunião, afirmou que a troca do diretor da PF teria motivação política. Ele não afirmou que o presidente interferiu na PF. Pode-se achar que isso manifestaria intenção, mas ter intenção também não é crime.

        Aproveite e me conte se o presidente acusando Moro de ter barganhado a troca do Valeixo pela vaga do STF também é muito grave, e se ele apresentou alguma prova disso. Me conte também se caso o Moro não se demitisse o Bolsonaro estaria compactuando com este crime.

      • Claro! Bolsonaro querer interferir é uma coisa; interferir é outra. Moro não acusou Bolsonaro de nenhum crime. Se os “especialistas” entendem que o desejo é crime consumado, muita gente deveria ser processado.

          • Eu fico sempre impressionado com a capacidade dos comunistas expelirem veneno em todas as suas manifestações.
            Ô racinha de víboras peçonhentas!
            O cara nem assumiu e o lacaio do PT já está inferindo que o mesmo vai destruir provas. Já começou a “desconstrução”.

  4. Logo depois da entrevista do ex-ministro Moro, eu disse num comentário de uma postagem aqui no JBF: “O Bolsonaro só precisa explicar porque precisava demitir o diretor da PF, e porque esta demissão é tão importante que vale a cabeça do ministro da Justiça”. É óbvio a esta altura dos acontecimentos que este assunto já havia sido discutido entre eles. Moro já sabia que Bolsonaro queria trocar Valeixo, e Bolsonaro já sabia que Moro não concordava.

    Aí veio o pronunciamento do presidente.

    Fiquei sabendo que o filho dele passou o rodo no condomínio. Fiquei sabendo sobre o aquecimento da piscina e sobre os tacógrafos do Rio de Janeiro. Fiquei sabendo que o presidente parece não saber que a Polícia Federal não participa nem nunca participou da investigação sobre a morte da Marielle.

    Só não fiquei sabendo porque o presidente precisava tanto trocar o diretor da PF e com tanta urgência.

  5. Penso que na verdade, nada disso importa muito. O que realmente importa, na minha visão, é um homem de confiança, membro nomeado desse governo, sair como saiu. Qualquer homem que aceita fazer parte de um governo, para mim é claríssimo, aceita as missões e decisões de seu chefe. Afinal é um membro do governo, não do estado. Não concorda com as ordens? Peça demissão e saia como entrou: como um homem de confiança. E como ele saiu? Como um funcionário que sai de uma empresa metendo o pau achando que desse jeito vai conseguir um emprego melhor. Pelo que vejo, não existe mais decisões de foro íntimo, existem agora só as decisões de foro público. Enfim, vergonhoso e lamentável.

    • Será que todo ministro que ficar sabendo de algo errado deve ficar quieto e sair sem dizer o porquê?

      Será que o ministro deve mais obrigações a quem o indicou do que ao país?

      • Na verdade acho sim. Ele não entrou em um convento, ele entrou na política. Tomou posse de um cargo político e fazia parte de uma equipe que tem líder. Não foi forçado a entrar, entrou porque pensou que podia colaborar com as promessas de campanha. Que eu saiba ele não era corregedor do governo, não era ombudsman, nem foi nomeado crítico. Foi nomeado, e aceitou, ser ministro da justiça do Presidente eleito. Cargo chave para administração de qualquer governo no mundo. Não é aceitável, para mim, que um homem em quem confio abandone suas funções me apunhalando. Mas cada pessoa tem um modo de aceitar certas coisas…Meu modo não aceita.

        • Bem, eu não acho que pedir demissão e explicar o porquê seja “apunhalar”.

          Isso não aconteceu de quinta para sexta. Bolsonaro já havia dito que queria trocar o Valeixo e Moro já havia dito que não concordava. Bolsonaro decidiu pagar para ver.

          Basta ele dar uma razão convincente para a troca do diretor da PF e toda a história acaba.

          Mas até lá, eu e qualquer outro cidadão tem o direito de achar que a acusação do Moro é verdadeira.

          E reitero que não acho legal para um país um sistema onde os membros do governo devam ser coniventes com coisas erradas por lealdade. Isso é ditadura.

          • Então um Presidente da República precisa pagar para ver? Nomeia um homem seu braço direito, em quem confia, e ainda assim precisa pagar para ver? Eu pergunto se alguém seria capaz de querer ser maior que seu chefe, seu líder, se comportar assim e não esperar consequências. Mande, ou até peça para um colaborador seu, algo que ele não concorde, e pense na resposta dele. Se a resposta dele for não, não concordo, sei que a melhor opção é tal e qual, o que você esperaria dele? Sair te avacalhando ou sair por razões de foro íntimo? O que lhe parece correto?

            • Sérgio, você está falando como se um presidente fosse um Deus Supremo que pode tudo e sabe tudo. Não. O presidente foi eleito para governar dentro das leis. Qualquer funcionário público deve respeito primeiro às leis, depois aos seus superiores.

              Um funcionário do governo que vê seu superior fazendo algo errado e opta por sair em silêncio ou alegando “foro íntimo” está a) mentindo e b) sendo conivente.

              Em uma empresa privada eu concordo que as coisas são diferentes. Mas do jeito que vc fala parece que o Bolsonaro pagava o salário do Moro do bolso dele. Quem paga o salário dos dois somos nós. O Moro não trabalhava para o Bolsonaro. O Moro e o Bolsonaro trabalhavam para o povo brasileiro.

              Agora, se você acha que não, é um direito seu. Não dá para colocar uma aula de direito público numa caixa de comentários.

              • Caro Marcelo,
                O que mais o senhor Moro devia ao povo brasileiro era um pouco mais de decência e de dignidade.
                Por isso, ele não podia nunca sair tocando fogo no circo, como fez. Nem muito menos ter vazado para toda a imprensa antagonista que iria fazer o circo que fez.
                Isso é palhaçada e trairagem em mais alto grau!
                Se ele achava que, o simples fato do Presidente trocar o comandante da PF visava realizar coisas ilegais, que não foi o caso, simplesmente saísse e enfiasse a língua no rabo.
                O que houve mesmo foi muita vaidade, prepotência e orgulho ferido. Seu moro simplesmente quis ser maior que seu chefe. Ferrou-se.
                Se eu, no comando de qualquer birosca, tomasse uma decisão, um subordinado meu dissesse que não aceitava, pedisse demissão e saísse me chamando de criminoso e mentiroso, eu tomaria providências PESSOALMENTE para que esse filho da puta não conseguisse mais nenhum emprego no Brasil.

                • Ah! antes que eu esqueça…

                  Nas funções de comando que desempenhei, normalmente me cabia dirigir a turma do sindicato. Eram sempre os operários mais inteligentes, aguerridos e questionadores.

                  Eu adorava quando dava uma ordem e um deles me dizia NA CARA que não,ia fazer. A reação “normal” seria dar-lhe uma punição. Eu, pelo contrário, perguntava-lhe: Por que não vais fazer? Na maioria das vezes, a resposta era do tipo: Porque vai tal e tal problema. Minha pergunta seguinte era: E qual a melhor forma de fazer, pra você? Assim e assim.
                  Minha reação: Muito bem! Faça e me informe o resultado.

                  Sempre apresentei resultados bem acima da média e sempre fui tremendamente respeitado pelos sindicatos.

                  • Eu já estava dando essa questão por encerrada, mas reitero: quando você estiver no comando de qualquer birosca, você pode fazer o que quiser, desde que a birosca seja sua.

                    O Bolsonaro não é dono de birosca, é presidente do Brasil, e quem paga o salário dele sou eu. O Brasil não é uma birosca para A ou B acharem que podem fazer o que der na telha.

                    É verdade que tem muita gente podre fazendo cagada. Se o Bolsonaro adotar a política do “se eles podem eu também posso”, perde a moral de reclamar. Que junte-se ao Toffoli e seja feliz.

                    • Porque ninguém responde o que levou o Bolsonaro deixar um corrupto , segundo as palavras dele , como ministro da Justiça por mais 4 meses .
                      E volto a escrever coloquem a #LulaLivre . Afinal foi e
                      isso que Bosonaro disse .

        • Ele deveria sair quieto e … ? O que viria depois ?
          Porque Bolsonaro o manteve no cargo sendo um corrupto , segundo palavras do Bolsonaro . Ou alguém que quer barganhar um cargo de um subalterno por um cargo que ele iria assumir não o tornaria um corrupto ?
          E qual é a religião praticada pelo Moro ?
          E quando foi que Moro se tornou amigo intimo do Tófolli ?

    • Qdo pedimos demissao, indicamos o motivo, normalmente de ordem pessoal. O Moro só explicitou o motivo. Entre o “verdadeiro” JB e o “mentiroso” Moro, fico com o “verdadeiro” Moro…..

  6. E o fato de Moro divulgar conversas mantidas com terceiros, no caso a dep. Zambelli, não configura uma tremenda falta de ética, heim, heim?

  7. Acredito que a resposta foi correta. Será que foi feito um pedido aberto ao Ministro para burlar o sistema ou ainda estava só no desejo?

    Também acredito que tão logo conseguiram terminar a fritura do ex. Ministro Mandeta e constataram que não houve problemas mais sérios, partirão para escancarar as intenções não republicanas que estavam represadas.

    De resto ficam as gritarias e considerando o tempo que sou leitora do JBF estou vacinada.

    É até divertido ler as mesmas lenga-lengas que escreviam os despejados para defender seu ídolo.

  8. Votei no Bolsonaro e se a eleiçãio fosse hoje com os mesmos candidatos eu votaria nele de novo, Mas o que ele tem pisado na bola não está no gibi. Sobre a demissão do Moro, acho que o ex-ministro agiu corretamente. E o Bolsonaro na minha opinião, agiu e está agindo de forma errada. Caso seja apeado do poder, tudo bem. Temos o Vice-presidente para assumir.

  9. Quem idolatra o Moro deveria contratá-lo como funcionário de confiança. Agora no campo político, o PSDB já tem seu candidato, esperem e verão. Consequentemente verão o Jun kim Doria descontruindo ele… vai ser divertido.

Deixe uma resposta