DEU NO JORNAL

Presos na Lava Jato em agosto do ano passado, Sérgio Cunha Mendes, sócio da Mendes Júnior, e Alberto Elísio Vilaça Gomes, ex-executivo da construtora, pediram liberdade à 12ª Vara de Curitiba.

Condenados por corrupção e associação criminosa, querem recorrer em liberdade. Mendes foi condenado na segunda instância a 27 anos de prisão e Gomes a 11 anos, por pagarem propina de R$ 31,4 milhões para obter contratos na diretoria de Abastecimento da Petrobras.

*

O ex-governador de Minas Eduardo Azeredo, preso desde maio do ano passado, foi solto no início da noite desta sexta-feira (8). O Tribunal de Justiça de Minas Gerais concedeu nesta tarde o alvará de soltura. A decisão se baseou no Supremo Tribunal Federal (STF) que derrubou nesta quinta-feira (7) a possibilidade de prisão de condenados em segunda instância, alterando um entendimento adotado desde 2016.

Eduardo Azeredo (de camisa amarela) sai da prisão após decisão judicial

*

A defesa de Renato Duque protocolou pedido de soltura do ex-diretor da Petrobras na Justiça Federal do Paraná.

Além dele, Lula e Dirceu também apresentaram petições ao TRF-4 para serem liberados.

As penas de Duque somam 123 anos e 11 meses de prisão. O ex-diretor de Serviços da Petrobras, no entanto, fechou colaboração premiada e teria de cumprir cinco anos em regime fechado até conseguir a progressão de pena.

* * *

Escancarou!!!

O esquema de soltar bandidos está mais arreganhado do que a tabaca de Xolinha!!!!

A bandidagem está feliz e se rindo-se.

O PCC está dando rajadas de metralhadora pros céus em comemoração.

“Tô chegando pra gente tomar uma, cumpanhero Lula. Bote a mesa e prepare a festa. Toffoli, Gilmar e Levandinho tão indo comigo”

Deixe uma resposta