A PALAVRA DO EDITOR

Querido Papai Noel,

Pena que você não veio este ano. Mas é compreensível. Não tá fácil pra ninguém. Quem ia querer ver as suas renas levando dura das hienas – constrangidas e maltratadas numa dessas barreiras sanatórias espalhadas por aí? (caro revisor: é normal que você tenha corrigido para “sanitárias”, mas pode deixar “sanatórias” mesmo, ok?). Era capaz de te exigirem até cartão de vacinação com carimbo de imunização contra o coronga, Papai Noel. Porque você é grupo de risco, né? Nem adianta pintar a barba de acaju. Tudo bem, a vacina nem chegou, mas isso não é problema para as hienas. Elas até já aprovaram a obrigatoriedade da poção mágica desconhecida, então exigir cartão de vacinação é o de menos. Ciência é tudo, meu bom velhinho. Marcaram início de vacinação para o dia do aniversário de São Paulo! A festa não tem data para acabar. E a lei é clara: só as hienas podem se aglomerar – seja em muvuca política, seja em jantar vip. O governador da Califórnia, um dos maiores trancadores do mundo, deu a senha: em restaurante caro, amontoado com os amiguinhos e sem máscara, o vírus não pega. Imagina como seria a sua passagem pelo rodízio paulistano, Papai Noel? Eles com certeza iam dizer que o seu trenó só pode circular em ano ímpar. O pessoal do lockdown não tá de brincadeira. Eles seguem a ciência com o mesmo fervor com que aquele curandeiro de Goiás seguia suas presas. Não tem espaço para improviso no iluminismo crepuscular, meu velho. Viva a racionalidade, a técnica, a lógica e o transformismo, pai das modernas invenções sanatórias. Mas não cai na besteira de achar que você economizou com o fique em casa, Papai Noel. Ano que vem você vai ter que dar presentes em dobro. A lista é grande e os pedidos já vão adiantados aqui, pra você não chegar distraído no Natal de 2021 dizendo que não deu tempo de conseguir tudo. Anota aí os dez principais:

1 – Pulseirinha vip pra sair da quarentena gourmet do Doria;

2 – Seringa pro soro da verdade do STF;

3 – Lente de laboratório pra distinguir Ciro Gomes de João Amoêdo;

4 – Poção mágica pra que os tucanos do Butantan voltem a ser apenas cobras;

5 – Vermífugo pra que os petistas da Fiocruz voltem a ser apenas parasitas;

6 – Video game pro Bill Gates parar de brincar no laboratório;

7 – Despertador pro Macron brincar de toque de recolher sozinho no quarto;

8 – Urnas funerárias pra agilizar a reeleição do Biden;

9 – Vacina contra fake news de grife e lobby fantasiado de empatia;

10 – Passagem de ida pra todos os integrantes da Seita da Terra Parada assistirem em Marte ao show da banda Loqui Down Forever.

1 pensou em “ENTRE RENAS E HIENAS

  1. Papa Berto…se vc puder encaminhar pro Fiuza um pedido a mais pra ele acrescentar nas lista quase perfeita inclua este meu
    11. Uma passagem de ida pro Goiano tomar a vacina cubana em Havana

Deixe uma resposta