A PALAVRA DO EDITOR

O Ministro Luís Roberto Barroso, um caso raríssimo de ficha limpa,  em palestra na Universidade de Columbia, nos Estados Unidos, quinta-feira passada, 25, fez algumas considerações sobre o STF, o órgão no qual ele ocupa uma cadeira.

Algumas considerações que merecem destaque e devem ser divulgadas.

Vejam só: 

“A pergunta que me faço frequentemente é por que o STF está sob ataque, por que está sofrendo este momento de descrédito. Bem, o que acho que está acontecendo é que há uma percepção em grande parte da sociedade e da imprensa brasileira de que o STF é um obstáculo na luta contra a corrupção no Brasil. Eles sentem que o Supremo protege a elite corrupta”

“Alguns ministros mostram mais raiva de procuradores e juízes que estão fazendo um bom trabalho do que de criminosos que saquearam o país”

“Tudo que o STF pode retirar da Vara Federal de Curitiba, onde o combate à corrupção está funcionando bem, o Supremo o fez”

Arretado!!!

Acertou no alvo.

Parabéns, senhor Ministro!

De fato, um tribunal que é presidido por um militante petista do calibre de Toffoli – um sujeito sórdido, parcial e incompetente que foi reprovado em concursos pra juiz de primeira instância -, e que conta com gente imunda como Gilmar Mendes e Ricardo Lewandowski, não pode ter crédito ou respeito por parte da banda decente do país.

Um trinca como só mesmo numa republiqueta banânica poderia existir

O ignóbil Gilmar Mendes, soltador de corruptos e bandidos, já sentiu o peso de uma cacetada de Barroso:

Deixe uma resposta