DEU NO JORNAL

A lei do Fundo Partidário, aprovada na Câmara, já batizada de “Fundão Sem Vergonha”, é uma das mais ousadas investidas da classe política contra o Tesouro Nacional.

A partir de agora, o cidadão roubado pelo político terá de pagar os advogados dele, o corrupto processado.

Terá de pagar também as multas da Justiça a candidatos que cometam delitos eleitorais.

Além disso, partidos agora poderão comprar, com dinheiro do Fundão Sem Vergonha, carrões, aviões e sedes suntuosas.

Criada a pretexto de financiar obras nas bases eleitorais, a emenda parlamentar pode ser usada para bancar a campanha dos políticos.

* * *

Na chamada “classe política“, como está escrito no primeiro parágrafo desta notícia aí de cima, teve um trio de corruptos que aplaudiu delirantemente a aprovação desta nova lei.

A partir de agora, os ladrões Lula, Eduardo Cunha e Sérgio Cabral, terão advogados pagos pelas vítimas dos roubos que eles praticaram.

Não custa nada ressaltar que as incelenças que aprovaram esta lei foram eleitas com os votos dos contribuintes, dos pagadores de impostos.

Com os votos do que irão custear os advogados e as patifarias dos bandidos.

Isso é Brasil!!!!

Meu Brasil brasileiro!!!

Deixe uma resposta