DEU NO JORNAL

Nas últimas duas semanas, ao menos três empresas do setor automotivo anunciaram o fechamento de fábricas na Argentina e a migração das operações para o Brasil.

A princípio foram as empresas Basf e Axalta, que produziam tintas e resinas para automóveis, a anunciar a migração na semana passada para o país.

Agora, no inicio desta semana, a Saint-Gobain Sekurity, de origem francesa, fechou um acordo de demissão para seus 150 funcionários e a especializada na produção de vidros para para-brisa será incorporada pela subsidiária do Brasil.

As decisões colocam em dúvida e contestação, a suposta “política industrial” do atual presidente da Argentina, Alberto Fernandez.

A Saint-Gobain montou a fábrica em 2016 ao custo de 200 milhões de dólares, num acordo com o ex-presidente do país, Mauricio Macri.

* * *

A Argentina tem um governo que está nas mãos das zisquerdas progressistas.

E as empresas querem vir pro Brasil, um país cujo governo está nas mãos da direita atrasada.

Bando de empresários burros que só a porra…

O canhoto presidente argentino, Alberto Fernandez, é irmão-camarada do ex-presidiário Lula aqui no Brasil.

Uma parelha especializada na arte de fazer um país crescer e progredir.

Podes crer!

2 pensou em “EMPRESAS NO VERMÊIO FUGINDO DO VERMÊIO

Deixe uma resposta