DEU NO JORNAL

Luís Ernesto Lacombe

Em nome do Lula, do Lula e do Lula

Lula acha que é a Santíssima Trindade: o Pai, o Filho e o Espírito Santo. Há muito tempo ele anda por aí, se comparando a Jesus Cristo… Já disse o seguinte: “Se eu pudesse destacar uma imagem das facadas que eu tomei e eu pudesse tirar a camisa, meu corpo estaria mais estraçalhado do que o corpo de Jesus Cristo depois de tantas chibatadas que ele tomou”. Lula se acha perseguido, “como Jesus também foi”. Quando tem um breve surto de humildade relativa, afirma que, no Brasil, só Jesus Cristo ganha dele, só.

Lula é do tipo que conversa com Jesus de igual para igual. Diante de uma imagem do Cristo na cruz, não hesitou em dizer: “Você vai voltar… Eu já voltei, agora você vai voltar. E, juntos, nós vamos mudar esse país”. Assim é Lula, um pecador contumaz, que não tem coração e não merece misericórdia. É o inventor diabólico de uma seita. As chaves do Reino dos Céus jamais receberá; as portas do inferno estão sempre abertas para ele.

No Reino dos Céus não existe pecado, não há maldade nem sofrimento. Lula se entrega aos sacrilégios e só gera atrocidade, dor, aflição, tormento. Lula desrespeita pelo menos oito dos Dez Mandamentos. Talvez não cumpra nenhum deles… Mesmo assim, se acha Deus. Sua heresia não tem limites. O petista, em depoimento, na época da Lava Jato, disse ao juiz: “Se o senhor soubesse quanta gente usa o meu nome em vão… De vez em quando, eu fico pensando que as pessoas deveriam ler a Bíblia, para não usarem tanto o meu nome em vão”.

Ele não é o todo-poderoso, é o seu próprio Deus, um anticristo que se orgulha de ser chamado de comunista. Lula demonstra que se opõe à fé religiosa, mas tenta enganar, é mais um “comunista, graças a Deus”. Em reunião recente do satânico Foro de São Paulo, ele disse: “Aqui no Brasil, enfrentamos o discurso do costume, da família e do patriotismo. Ou seja, enfrentamos o discurso que aprendemos historicamente a combater”.

Sem valores religiosos, sem valores morais, Lula se orienta pelo mal. Não sabe o que é amor, paz, prudência. Não tem ideia do que seja solidariedade, fraternidade, compaixão, caridade, bondade, respeito, misericórdia. Ele ignora o caminho, a verdade e a vida. Lula é um destruidor de tudo o que realmente importa, é um incendiário, um ladrão de esperanças, um demolidor da fé, da verdadeira fé. Que Deus, o único, olhe por nós. Que Deus, o único, abençoe o Brasil.

Um comentário em “EM NOME DO LULA, DO LULA E DO LULA

  1. Lula se considera igual a Cristo…..ótimo…. vamos açoitá-lo, crucificá-lo… ele morre, se ressuscitar ao terceiro dia eu creio nel.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *