DEU NO JORNAL

No acordo de delação premiada que firmou com a Polícia Federal, o ex-ministro Antonio Palocci envolveu 12 políticos e 16 empresas em transações criminosas que chegam a mais de 330 milhões de reais — boa parte para pagamento de propinas ao PT e a parlamentares.

Um documento de oito páginas do Supremo Tribunal Federal confere contornos concretos à principal frente da delação de Palocci, que cumpre em casa e com tornozeleira eletrônica sua condenação por corrupção passiva e lavagem de dinheiro.

* * *

Apesar da gravidade desta deduragem, o fubânico lulo-petista Ceguinho Teimoso já garantiu que isto tudo é calúnia e que Palocci é um sujeito muito do mentiroso.

Bom, em sendo Palocci fundador do PT, faz sentido mesmo dizer que ele é mentiroso…

R$ 330.000.000,00.

É zero que só a porra.

É dinheiro pra caralho!!!

E diz a notícia que “boa parte” dessa bolada foi pra pagamento de propinas ao PT  e a bandidos que usam o título de “parlamentar”.

Chega fiquei com água na boca…

Por apenas 1% desta fabulosa quantia eu me deixaria subornar e colocaria esta gazeta escrota inteiramente a serviço do PT.

Falaria bem da sigla vermêia-istrelada o dia todo e em todas as postagens.

Agora, com a quadrilha extinta e o chefe preso, não me resta mais qualquer esperança.

Que pena…

“Tô de olho no JBF. Leio essa gazeta escrota todo dia, com tornozeleira eletrônica, sem óculos e com um olho só”

* * *

Vamos fechar a postagem com dois vídeos.

No primeiro temos um depoimento comovente.

São palavras que tocam fundo os corações sensíveis e podem levar às lágrimas.

Recomendo aos nossos leitores que relaxam, fiquem calmos e escutem.

* * *

O segundo vídeo é apenas uma reportagem da grande mídia difamadora, mentirosa e fuxiqueira.

Uma matéria que foi ao ar em março passado na Band News:

Deixe uma resposta