DEU NO JORNAL

O ministro do Tribunal de Contas da União (TCU) Benjamin Zymler, teve uma arma apontada para sua cabeça por dois bandidos que invadiram sua casa na tarde deste sábado (4), em Brasília.

Os dois ladrões renderam também a esposa e a filha de Zymler.

Segundo o ministro do TCU, os criminosos pretendiam juntar toda a família e levá-la para um só cômodo, a fim de roubar objetos da residência.

* * *

Lá em Brasília, o prédio do TCU fica próximo à Praça dos Três Poderes.

Bem pertinho do prédio do STF.

O ministro que foi assaltado pode ir andando tranquilamente e procurar seus supremos colegas.

Pra reclamar dos bandidos que eles vivem soltando e inocentando todo dia, todo instante e toda hora.

A começar pelo maior e mais audacioso de todos eles.

3 pensou em “É SÓ PRESTAR QUEIXA AOS COLEGAS

  1. O mais interessante de tudo é que o Ministro foi salvo por um cachorro, que não parou de latir e alertou à segurança do condomínio, fazendo os “Manos” saírem rapidinho da casa..

  2. A manchete da notícia está totalmente fora da realidade. Mesmo que seja a realidade de quem vive no Fantástico mundo de Bob!
    Não eram bandidos e sim vítimas da sociedade! Dessa sociedade cruel, que surgiu a partir de janeiro /2018 (apud Casagrande). Até quando teremos que ler, ver e ouvir essa imprensa bandidofóbica? Volta “Paim” Lula…o Chimpanzil quer voltar a ser feliz novamente!!

  3. Os bandidos sabem que em determinadas cidades existem fortunas em joias e dinheiro vivo. Brasília é a capital dos abonados $$$ pagos pelo sofrido povo brasileiro.
    Justiça social promovida pelos bandidos vítimas da sociedade.

Deixe uma resposta para João Francisco Cancelar resposta