DEU NO JORNAL

Olha o que o ministro do STF Ricardo Lewandowski fez: aproveitando-se de sua liminar, sindicatos estão chantageando empregadores com a cobrança de “taxa” para homologar acordos de suspensão temporária de contratos de trabalho.

A ação criminosa é denunciada por empresas e entidades como a Associação Brasileira de Lojistas de Shopping (Alashop).

A pelegada explora empresas asfixiadas na crise do Covid19. Cobram R$ 500 por contrato e no mínimo até R$ 2.500 por empresa.

A picaretagem foi facilitada pela decisão de Lewandowski de condicionar os acordos à chancela dos sindicatos.

Sindicatos cobram tão caro pelo “carimbo” que acabam por inviabilizar os acordos que deveriam servir para proteger empresas e empregados.

“A cobrança é abusiva… e só piora o problema do desemprego”, alerta Nabil Sahyoun, presidente da Associação de Lojistas de Shopping.

Ninguém foi preso. Ainda.

* * *

Onde petista se mete, é fatal que aconteça merda.

Não poderia ser diferente com o militante lulo-petista Ricardo Vermêio Lewankowski.

E estão todos livres, leves e soltos.

A pelegada tá se rindo-se da cara de nós outros, os cidadãos honestos.

É pra arrombar a tabaca de Xolinha.

Puta que pariu!!!!!

2 pensou em “É DE LASCAR!!!

  1. enquanto a indignação estiver apenas nas redes sociais, a canalhada continua como se nada estivesse acontecendo poiso tempo joga a favor deles…..

    Ou vamos pra rua catar estes FDPs do Congresso, do STF,, da OAB ou vamos ficar esperneando pela internet e a caravana dos ordinários e canalhas continua passando……

    Eles não tem o mínimo constrangimento em ser canalhas portanto só vão entender na porrada ……….

Deixe uma resposta