A PALAVRA DO EDITOR

Eu já falei aqui que uma coisa que me deixa muito feliz e risonho é a amável convivência entres os membros desta nossa comunidade fubânica.

Uma amabilidade que foi exercitada mais uma vez, em uma troca de comentários levada a efeito numa postagem publicada ontem.

Um elegante e altaneiro diálogo entre dois colunistas desta gazeta escrota, dois excelentes colaboradores que moram na minha estima.

Foi feito até um convite para um duelo esportivo e amigável.

Um duelo de tapas e de facas!

Já estou até à procura de um patrocinador, para montar um ringue e fazer a divulgação do evento, que será levado a efeito aqui no Recife.

Vou transcrever do jeito que está lá pra vocês entrarem na torcida e baterem palmas.

* * *

Adônis Oliveira:

Altamir,

Como você não nos acrescenta ABSOLUTAMENTE NADA, com estes seus comentários abjetos, num linguajar de latrina e que você aprendeu à mesa, no café da manha, lá no Bordel onde sua mamacita prestava serviços sexuais por R$ 10,00…

Tu podes dizer as merdas que bem quiseres, mas, a depender de mim, vais ficar defecando verbalmente sozinho.

Aliás, se tu tivesses um pingo de vergonha na cara, coisa que eu bem sei que não tens, tu não retornarias nunca mais a estes comentários.

P.S. Se tu vieres a Recife, rezes para que eu não te encontre pois, se eu te achar, vou te dar uma surra que tu vais demorar muito para esquecer. Só para tu não saíres por aí, projetando nos outros as cenas escatológicas da tua infância.

Coisas como levar ejaculações no rosto (deves ter aprendido com tua mãe), ser enrabado, e coisas desse “nive”.

Vem pra Recife, pra tu ver com quantos paus se faz uma jangada.

* * *

Altamir Pinheiro:

Diga o dia, a hora e o local, corno safado!!!

Eu moro apenas a 220 quilômetros do Recife e teria o máximo prazer de me encontar têti-a-têti com voce, corno da urêia lascada!!!

P.S.: Como sugestão, que tal compramos duas facas de 18 polegadas, amarrarmos as camisas, dar um nó cego nelas e nos travarmos na faca, seu corno fuleira!!! Quem arrear primeiro que se lasque!!! Estou a sua inteira disposição. Como você não mora muito longe de mim eu acho que chegou a hora adequada para a gente acertar algumas pendencinhas que ficaram e ficarão pelos restos de nossas vidas, mesmo que seja no inferno, CORNO SAFADO!!! Tá feita a proposta… Aceitas?!?!?!