DIVISÃO JUSTA

Dividi contigo:
O quarto a cama
Os dias da semana
Só não dividi a grana
Pois grana não havia

Dividi o amor
O mesmo espaço
Os beijos, os abraços
Só não dividi o cansaço
Não existia cansaço
Com você não havia

Dividi contigo
A alegria de uma criança
O sonho e a esperança
Só não dividi a ignorância
Não havia lugar pra tanto

Dividi contigo:
O calor desse instante
Esse sol escaldante
Só não dividi a lua
Ela estava em minguante

Dividi contigo:
As rosas dos jardins
Os cravos e os espinhos
As pedras dos caminhos
Ficaram para mim

Dividi tudo
Com sinceridade
Depois de tudo dividir
Aí então descobri
Que somos duas metades.

4 pensou em “DIVISÃO JUSTA

  1. Geniais poemas fatiados, Itaerço:

    Só não pode dividi com a mulher amada o cansaço, a preguiça, a indiferença, o não gostar, o desamor, o não prazer.

    Da mulher amada e/ou afeiçoada tudo se aproveita, até os dias de cansaço dela porque são gostosos de compartilhamento.

  2. Meu caro Itaerço , se são duas metades é fácil dividir , o problema é quando a lista é maior, aí não dá para dividir aquela grana nas Bahamas , nas Bermudas , na Suiça , brincadeira isto é para pessoal ligado ou do governo. Nós dividimos as dívidas. Foi bom ler a divisão.

  3. Grande Cícero Tavares, a pessoa com quem dividi tudo, merecia tudo por inteiro, a mim bastaria ficar com ela e teria tudo de volta.

    Obrigado meu irmão pelo comentário

    Itaerço
    Imperatriz-ma

  4. Meu caro joaquimfrancisco, meu velho pai já dizia: “Quem parte e reparte e não fica com a maior parte, é muito besta ou lhe falta arte”. Se a lista é muito grande escolha com quem você quer ser justo e divida o que você tem, quem ficar fora é porque não tem merecimento.

    Obrigado pelo comentário meu irmão.

    Um abraço
    Itaerço
    Imperatriz-ma.

Deixe uma resposta